Publicado em Deixe um comentário

Flúor, cárie e Tireoide. O que tem em comum?

Tireoide, cárie e flúor. O que esses três têm em comum?

A tireoide tem um relacionamento desastroso com o flúor, este sujeito é um elemento químico potente contra as cáries e por conta disto, está presente em produtos consumidos por nós.

Tireoide tem a ver o que mesmo com o flúor?

Mas não podemos apagar os malefícios do flúor por conta do combate as cáries, mesmo que ele fosse o único elemento que fizesse esse serviço e acredite: Não é!

O flúor é tão perigoso que, na página do Ministério da Saúde há um alerta da quantidade de creme ou gel dental com flúor que deve ser colocada na escova de dente das crianças: Uma porção do tamanho de um GRÃO de ARROZ. Já para adultos, profissionais indicam uma porção do tamanho de um GRÃO de ERVILHA.

Estas indicações de porções evitam os malefícios do flúor no organismo, mas se houver alguma ingestão do creme dental, aí já era. Não adiantou reduzir a porção. Será que nós realmente não engolimos um pouquinho na escovação? Imaginem as crianças.

Hora, se o flúor é um componente químico tão perigoso, não deveríamos procurar uma opção mais saudável? Claro que sim, e temos excelentes opções, sejam naturais ou processadas.

Mas o que isso tem a ver com a TIREOIDE? Tudo, o flúor que ingerimos agride frontalmente nossa tireoide. Seja pelo consumo da água pública fluorada, por creme dental e até em alguns alimentos. Por isso devemos eliminar o máximo possível de fontes desse elemento. Podemos eliminar tudo? Acho pouco provável, mas trocar seu gel dental atual por um SEM FLÚOR, já é um bom começo.

Estudos comprovam a relação da tireoide com o flúor

Um estudo clínico identificou que doses de 2 a 3 miligramas de flúor por dia podem ser suficientes para reduzir a atividade da tireoide em pacientes com hipertireoidismo.

Outra análise recente realizada nos Estados Unidos, estima que o adulto americano consome cerca de 3 mg de flúor ao dia e este número pode ser expandido para 6 ou 9 mg. É possível que no Brasil, o consumo seja semelhante.

A preocupação é a dose recebida por crianças, a ingestão de 7 mg ao dia coloca a criança em risco de disfunção endócrina. Há uma estimativa de que crianças entre 1 e 3 anos que consumam mais de 1,5 mg de flúor por dia, recebem 2x mais que a quantidade necessária para induzir a alteração na função da tireoide.

Então o que fazer? Bem, sobre o problema do uso de dentifrícios com flúor, há boas opções de geles dentais sem flúor. Uma dica é procurar produtos que contenham própolis.

As diversas propriedades atribuídas à própolis como efeito antimicrobiano, anti-inflamatório, cicatrizante entre outros são amplamente estudados e comprovados pela área científica. Devido a todas essas propriedades, esse produto natural desperta interesse na odontologia, vários estudos foram realizados para observar a aplicação e o uso da própolis na prevenção e tratamento de problemas relacionados à saúde bucal (inclusive a cárie).

Sugestão de Gel Dental sem Flúor faz bem a tireoide

Minha sugestão é o uso do gel dental da Forever Living, o Forever Bright Toothgel, um gel dental de alta qualidade e não fluorado.

O Forever Bright Toothgel é considerado o melhor creme dental do mundo. A sinergia dos componentes aumenta o efeito cicatrizante, o potencial anti-inflamatório, antiviral, bactericida e fungicida.

Creme dental à base do puro gel de Aloe vera barbadensis Miller estabilizado (35,5%), mentol e própolis. Excelente para a saúde e proteção dos dentes, gengivas, mucosa bucal e do organismo. Contém ainda clorofila, flavorizantes naturais de hortelã e menta.

Foi eleito o gel dental que menos agride o esmalte do dente, responsável pela defesa contra cáries. Ele obteve o menor índice de abrasividade em relação aos cremes dentais do mercado.

Ah, esqueci, também clareia os dentes!

Compre seu Forever Bright Toothgel aqui

Encomende o seu pelo WhatsApp (79) 99850-4445 ou compre diretamente no site pelo link:

Forever Bright Toothgel – gel dental de aloe

 

Compre direto de fábrica

Prefere comprar direto de fábrica com desconto? Acesse esse link e saiba como:

Compre produtos Forever Living com 15% de desconto

Publicado em Deixe um comentário

Gel dental de aloe versus pastas de dente

Gel dental de aloe versus pastas de dente

Confira o comparativo entre o gel dental de aloe vera e duas pastas de dente comuns.

Superioridade do gel dental de aloe vera

Os resultados reforçam a alta qualidade dos produtos da Forever Living. Também comprovam os benefícios do aloe vera presente no gel dental da Forever.

Para quem tem problemas de saúde com a tireoide ou não, sugiro que troque o gel dental comum por um sem flúor, conheça uma ótima opção:

Forever Bright Toothgel – gel dental de aloe

Confira as informações sobre o estudo:

Comparative evaluation of the antimicrobial efficacy of aloe vera tooth gel and two popular commercial toothpastes: An in vitro study.
(Avaliação comparativa da eficácia antimicrobiana do gel dental de aloe vera e de duas pastas de dentes comerciais populares: estudo in vitro)
By Dilip George, MDS
Sham S. Bhat, MDS
Beena Antony, PhD
Featured in General Dentistry, May/June 2009
Pg. 238-241
Posted on Monday, April 27, 2009

Explanação sobre a aloe vera

CHICAGO (17 de julho de 2009) – A Aloe Vera tem uma longa história de poder de cura. Sua capacidade de curar queimaduras, cortes e aliviar a dor foi documentado até o século 10. Diz a lenda que Cleópatra usou babosa para manter sua pele macia.

O uso moderno do Aloe vera foi reconhecida pela primeira vez na década de 1930 para curar queimaduras de radiação. Desde então, tem sido um ingrediente comum em pomadas que curam queimaduras, cortes, pequenas irritações da pele e muitas outras doenças.

Sobre o gel dental de aloe vera

A aloe vera ganhou ainda mais popularidade quando se tornou um ingrediente ativo no gel dental. Semelhante ao seu uso na pele, o Aloe vera em gel dental é usado para limpar e acalmar os dentes e gengivas.

O gel dental de aloe vera é extremamente eficaz para combater cáries (segundo a revista General Dentistry de maio / junho de 2009 da Academy of General Dentistry).

O gel dental de aloe vera dente destina-se a executar a mesma função do creme dental, que é eliminar a patogenicidade da microflora oral – doença causadora de bactérias na boca.

Resultado do comparativo:

A pesquisa apresentada na Academy of General Dentistry mostra o estudo comparativo entre o gel de aloe vera e sua capacidade de combater germes contra dois dentifrícios populares. Revelando assim que o gel dental de aloe vera foi tão eficaz e, em alguns casos, mais eficaz que as marcas comerciais para controlar organismos causadores de males nos dentes e mucosa bucal.

O látex da aloe vera contém antraquinonas, que são compostos químicos utilizados na cura e no alívio da dor, porque eles são anti-inflamatórios na natureza.

O gel de Aloe vera tende ainda a ser menos severo nos dentes, porque não contém elementos abrasivos normalmente encontrados em pastas de dente comuns, é uma ótima alternativa para pessoas com dentes ou gengivas sensíveis.

Todo gel dental de aloe vera é igual?

Os compradores devem ter cuidado. Nem todo gel dental de Aloe Vera contém a fórmula adequada. Os produtos devem conter o gel estabilizado da Aloe vera, para ser eficaz.

A Forever Living produz o gel dental a partir do aloe vera estabilizado.

Os produtos devem também aderir a normas de produção determinadas. Dilip George, MDS, co-autor do estudo, explica que a babosa “não deve ser tratada com o calor excessivo ou filtrada durante o processo de fabricação, pois isso destrói ou reduz os efeitos de determinados compostos essenciais, tais como enzimas e polissacarídeos.”.

O Dr. George sugere que o consumidor compre o gel de aloe vera que contenha o selo de qualidade do Conselho Internacional da Ciência da Aloe (IASC – International Aloe Science Council). Selo este concedido à Forever Living pela excelência em seus produtos.

Motivos para comprar o gel dental de aloe vera da Forever:

Tenho certeza que os resultados positivos para o gel de aloe vera testado no comparativo já são belos motivos, mas o gel dental da Forever living, nosso Forever Bright Toothgel oferece muitos outros motivos. Veja:

  • Considerado o melhor gel dental do mundo;
  • Efeito cicatrizante até 7x mais rápido;
  • Não contém flúor (clique aqui para saber sobre o flúor);
  • Contém 35,5% do puro gel de aloe vera estabilizado;
  • A própolis faz uma sinergia com o aloe vera potenciando as propriedades anti-inflamatórias, antivirais, bactericidas e fungicidas substituindo com vantagens os componentes nocivos de pastas de dente comuns como o flúor.

Aproveite para conhecer o gel sem flúor Forever Bright Toothgel clicando aqui.

Forte abraço e que Jesus nos ilumine com sabedoria e discernimento para que façamos sempre as escolhas.

Erick Gomes
Nosodioterapeuta – Forever Business Owner

Publicado em 2 comentários

Combate ao câncer ganha novos aliados: Babosa com Graviola

Composto de Graviola, Mel e Babosa

Apresentamos uma excelente opção no combate ao câncer: A soma das propriedades da graviola, do mel e da aloe vera (babosa).

“Vocês me perguntam quais eram as forças secretas que me sustentavam durante minhas longas jornadas. Bem, foi a minha inabalável fé em Deus, meu simples e moderado estilo de vida, e a Aloe, cujos benefícios eu descobri quando cheguei na África no final do século XIX” [Mahatma Gandhi]. E eu acredito que ele não iria mentir.

Com um livro intitulado “O Câncer tem Cura”, o Frei Romano Zago transformou a imagem da babosa: De planta indicada para embelezamento de pele e cabelos, ela entrou para as páginas de revistas e programas de rádio e TV como uma poderosa arma contra o câncer. A receita para uso interno, segundo o próprio Frei, é muito antiga: “acredita-se que ela tenha surgido na Idade Média”. A fama repentina provocou uma procura incrível pela babosa, como era de se esperar, também no Brasil. E eu acredito que ele não iria mentir.

Uma experiência real no combate ao Câncer!

O certo é que os casos de cura e transformação são frequentes. Meu filho, graças a Deus primeiramente e ao Composto de Graviola, Mel e Babosa pôde suportar o câncer que lhe aflorou no peito por cinco anos. Nunca perdeu um quilo e nem mesmo um fio de cabelo, apesar da quimioterapia e da radio.

O câncer era um Melanoma da classe Clark III, O melanoma maligno cutâneo é uma das neoplasias de maior aumento de incidência nos últimos anos. Provavelmente devido à maior influência dos raios solares na pele, pela diminuição da camada de ozônio.

Sabe como mãe é… Atirei para todo lado. Fitoterapia, trofoterapia, cirurgia e ele com um bom humor incrível, que só o abandonou cinco anos depois que o CA se apresentou e desapareceu. Foi quando houve a separação dele e da mulher e ele entrou em fase depressiva e não quis mais tomar nada que fosse preventivo ou curativo. Desistiu de se cuidar e eu não conseguia derramar nada goela abaixo num homem de mais de um metro e oitenta, com quase 90 kg e com 42 anos.

E assim Jan passou dois anos sem se cuidar. E um dia, após uma dor de cabeça fortíssima, foi detectado metástase numa tomografia. E em 32 dias ele se foi levando no cérebro um melanoma grande e inoperável e mais dois pequenos e profundos. E acredite que eu, Malva Gomes dos Santos (fitoterapeuta do site), não iria mentir.

Sobre a babosa (aloe Vera) no combate ao câncer:

Voltando a babosa (aloe vera), ela é uma planta com várias propriedades medicinais: antibacteriano, anti-inflamatório, antifúngico, emoliente, hepático, laxativo, purgante, rejuvenescedor, tônico estomacal, vermífugo.

Mesmo que a pessoa não esteja com nenhum problema, a ingestão do preparado é indicada para “fazer uma faxina” no organismo e fortalecer o sistema imunológico.

O seu poder é realmente incrível. Queimaduras profundas tratadas com esta planta, algumas vezes, conseguem evoluir para uma queimadura de menor grau em poucos dias.

A receita é simples, mas é sugerida no combate ao câncer e melhora do organismo ou cura quando afetado por doenças como: alergias, asma, anemia, artrose, hemorroidas, furúnculos, feridas venéreas, infecções de bexiga, rins e próstata, reumatismo, úlceras, varizes e outras, além de “frear” o avanço da Aids.

E quanto à Graviola no combate ao câncer, o que se sabe?

A graviola (Annona muricata) é uma grande aliada no combate a diversos tipos de câncer. Há pesquisas nos EUA indicando que vários dos ingredientes ativos da graviola matam células malignas de 12 diferentes tipos de câncer, incluindo mama, ovário, cólon, próstata, fígado, pulmão, pâncreas e linfomas.

Usando o Floral Essencial Graviola é possível combater o câncer com uma terapia completamente natural. Não causa efeitos secundários severos como náuseas e perda de cabelo. Isto se deve ao fato da graviola, por ter ação seletiva, destruir apenas as células doentes. Ela protege as células saudáveis, ao contrário da quimioterapia, que sai matando todas as células indistintamente.

Observações sobre o Composto de Graviola, Mel e Babosa:

  • Algumas partes da árvore, como casca, raiz e fruto, são usadas há centenas de anos pela população indígena.
  • O tratamento com a graviola no combate ao câncer pode ser combinado com vitaminas A, E, C (naturais, e não sintéticas) e selênio.
  • Antes de comprar produtos da graviola verifique a procedência, pois há muitos fornecedores que não usam a erva pura. Portanto, pesquise bem antes de comprar.
  • As provas e resultados são apresentados por todo o mundo. São milhares de depoimentos de mães, pais e filhos. Estes depoimentos, assim como o meu, atestam a eficácia do Composto de Babosa no combate ao câncer.
  • Sei que há impedimentos para que se possa falar livremente do assunto. Mas aqui é um depoimento pessoal de quem viveu o drama e viu do que a babosa é capaz.
  • O incrível é que dizem que ainda não se descobriu todo o potencial desta planta, mas não concordo. O que existe na verdade é a usura e o egoísmo dos grandes laboratórios. Negam realidade para continuar vendendo apenas ilusão a quem tanto sofre com o câncer.

Contra-indicações e cuidados no uso do Composto de Graviola, Mel e Babosa:

  • Como os seus componentes têm propriedades emenagogas (aumentam o fluxo sanguíneo), não deve ser usada durante a gravidez.
  • Use conforme recomendação, em doses altas, a Aloe Vera pode provocar vômitos e se transformar num purgativo drástico.
  • Crianças, onde os efeitos colaterais podem ser potencializados.
  • Em casos de varizes, hemorroidas, afecções renais, enterocolites, apendicites, prostatites e cistites.

Aonde comprar o Floral Graviola ou o Composto de Graviola, Mel e Babosa?

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Publicado em 3 comentários

Imunidade: O que preciso tomar ou comer para melhorar minha imunidade?

Imunidade e alimentação

Alteração na imunidade: Quando a série branca de nosso sangue estiver baixa, ocorre redução no número dos leucócitos, que são a defesa do organismo contra agentes infecciosos e substâncias estranhas.

Para defender o corpo adequadamente, uma quantidade suficiente de leucócitos deve estimular as respostas apropriadas, ir aonde são necessários e, em seguida, matar e digerir os organismos e as substâncias prejudiciais. Como todas as células sanguíneas, os leucócitos são produzidos na medula óssea. Eles originam-se de células precursoras (células tronco) que amadurecem no decorrer do tempo.

Tipos principais de leucócitos:

Neutrófilos, linfócitos, monócitos, eosinófilos e basófilos.

Contagem de leucócitos:

Normalmente, um indivíduo produz aproximadamente 100 bilhões de leucócitos por dia. Geralmente, a quantidade de leucócitos num volume de sangue específico é determinada automaticamente através de um contador celular computadorizado.

Esses instrumentos fornecem a contagem leucocitária total, expressa como células por microlitro de sangue, assim como a proporção de cada um dos cinco tipos principais de leucócitos. A contagem leucocitária total normalmente varia de 4.000 a 10.000 células por microlitro. Uma quantidade muito pequena ou muito grande de leucócitos indica um distúrbio.

Alguns distúrbios relacionados aos leucócitos:

  • Leucopenia: A leucopenia, uma diminuição da quantidade de leucócitos para menos de 4.000 células por microlitro, torna uma pessoa mais suscetível às infecções. redução do número de leucócitos que na maioria das vezes se deve à diminuição dos neutrófilos.
  • Neutropenia: pode ocorrer pelo uso de drogas, lesões físicas ou químicas da MO, ou infecções como TB, sarampo, malária e AIDS.
  • Eosinopenia: pode ter como causas estados tóxicos, esforço físico extenuante, administração de ACTH, choque, queimaduras, etc.
  • Linfocitopenia: em estados de imunodeficiência, cirrose hepática, fase inicial de neoplasias, fase aguda de febre tifoide, gripe, etc.
  • Monocitopenia: ocorre em fase aguda de processos infecciosos, caquexia e desnutrição.

Nossas sugestões para aumentar a sua imunidade:

Suco de Aloe Vera – Rico em fibras, contém vitaminas, aminoácidos, minerais e enzimas importantes em nosso metabolismo diário.

Confira as vitaminas presentes na aloe vera: C, E e betacaroteno – precursor da vitamina A e vitamina B-12, muito útil na nutrição de vegetarianos e pessoas que não comem carne vermelha. Conheça agora os minerais encontrados na aloe vera: magnésio, manganês, zinco, cobre, cromo, cálcio, sódio e potássio.

Como não falar também dos aminoácidos? A aloe vera oferece 7 dos 8 aminoácidos essenciais que não podem ser fabricados pelo corpo e têm de ser adquiridos por meio da alimentação.

Consumir aloe vera é frequentemente recomendado para auxiliar no tratamento de doenças diferentes, mas também simplesmente para reforçar o sistema imunológico (excelente para quem sofre com câncer e Aids, mas não cura), desintoxicar ou melhorar as funções digestivas.

Cuidado com sucos caseiros! A aloína, princípio ativo da planta, pode irritar a mucosa intestinal. Dê preferência a sucos de procedência e livres da aloína. Uma boa pedida é consumir de 50 a 100 mls/dia do suco Aloe Vera Gel da Forever Living.

Aloe Vera Gel Forever
Aloe Vera Gel Forever

O Aloe Vera Gel é um produto produzido há 39 anos pela empresa Forever Living. A empresa aplica um processo de estabilização natural no gel de aloe vera para garantir sua qualidade e frescor, tornando-o seguro e preferido no mundo todo.

A Forever Living recebeu a certificação do Conselho Científico Internacional do Aloe – IASC, o que garante a pureza e a qualidade da polpa de aloe vera produzida pela Forever e trazida da natureza até o consumidor sem alterações.

Para informações completas sobre a aloe vera, veja o vídeo com a narração da Dra. Gisele:

 

Para ser direcionado à página de compra do suco Aloe Vera Gel, clique aqui.

Outras boas sugestões são as seguintes:

Composto Imunidade – Composto com Floral Essencial Imunitec, Aloe Vera e Mel. Uso: Dilua 01 colher (sopa) em 200 ml de água, ingerir todo o conteúdo do copo de uma só vez, faça 02 x ao dia (às 10 e 15 horas). Cada unidade é suficiente para 30 dias.

Floral Essencial Imunitec – Seleção de ervas medicinais específicas para melhoria na imunidade. Uso: Dilua 30 gotas em 200 ml de água, 01 hora após as refeições, 3x ao dia. Cada unidade é suficiente para 10 dias.

Trofoterapia (cura pelos alimentos):

Fonte:Goiaba, pitanga, agrião, caju, espinafre, fruta de conde, melão, Frutas cítricas (kiwi, limão, acerola, laranja), couve, brócolis, tomate, pimentão amarelo.

Condimentos ricos em vitamina C: açafrão,coentro, cravo-da-índia, gengibre, páprica, raiz-forte, salsa e tomilho.

Como atua: Aumenta a produção das células de defesa, que tem efeito direto sobre bactérias e vírus, elevando a resistência a infecções.

Fontes: Germe de trigo, óleos de soja, arroz, algodão, milho e girassol, abacate, gema, vegetais folhosos e legumes.

Condimentos ricos em vitamina E: açafrão, louro, manjericão, manjerona, mostarda-branca, orégano e pimenta.

Como atua: Parte do sistema de defesa do corpo, interage com as vitaminas A e C e com o mineral selênio, agindo como antioxidante (o que retarda o envelhecimento.

Fontes: Cenoura, abóbora, fígado, espinafre cozido, melão, batata-doce, brócolis, papaia, manga, aspargo, pêssego, beterraba, alho, alho poró , broto de bambu, lentilha, melancia, banana, caqui, gema de ovo, damasco, cereja.

Condimentos ricos em vitamina A: alecrim, tempero chili, coentro, cravo-da-índia, estragão, hortelã-pimenta, louro, manjericão, manjerona, pimenta, raiz-forte, sálvia e segurelha.

Como atua: Tem ação anti-inflamatória.

Fontes: Levedo de cerveja, lentilha arroz integral, semente de girassol, soja, germe de trigo, banana, cenoura, abacate, melão, vísceras, peixe, galinha, gema de ovo, nozes.

Condimentos ricos em vitamina B6: alho, cebola, tempero chili, coentro, cúrcuma, estragão, gengibre, manjericão, manjerona, orégano, páprica, pimenta e sálvia.

Como atua: Excelente para aumentar a imunidade geral do organismo. Tem uma ação protetora contra o câncer, ajuda a controlar alguns tipos de diabetes e tem sido muito usada para aliviar sintomas da tensão pré-menstrual.

Fonte: Frutos do mar, vísceras, alho, cebola, milho, cereais integrais, cogumelo, levedo, castanha do Pará e ovos caipira.

Condimentos ricos em selênio: alho, coentro, gengibre, mostarda-branca e salsa.

Como atua: antioxidante, imunoestimulante, desintoxicante e anti-inflamatório.

Fontes: Aveia, ostra, leite, gema, frutos do mar, espinafre, semente de girassol, cogumelo, gengibre.

Condimentos ricos em zinco: aipo, anis, cominho, gengibre, manjericão, mostarda-branca, papoula.

Como atua: Atua na reparação dos tecidos e na cicatrização de ferimentos.

Outros alimentos benéficos em nossa dieta para o sistema de defesa do organismo:

Iogurte: Um copo diariamente. Estudos científicos mostraram que os lactobacilos, presentes no iogurte, recuperam a flora intestinal e fortalecem o sistema imunológico.

Noz moscada e páprica: condimentos com ação anti-inflamatória.

Suco verde: que contenha clorofila, já que é rica em zinco, ferro e vitamina C. Um exemplo é o suco de agrião com laranja. Basta um copo (250 ml) por dia.

Cogumelo shitake: substância que tende a estimular a produção das células de defesa do organismo, possui lentinan.

Alho: suas propriedades nutricionais funcionam para prevenir o câncer e as doenças cardíacas. Pode ser usado como condimento (Melhor que não o frite). Se preferir, consuma um dente de alho assado em forno comum ou no micro-ondas.

Gengibre: fortalece o sistema de defesa do organismo. O ideal é consumi-lo antes das refeições para ajudar no processo digestivo. Pode ser usado em conserva com vinagre (bastante comum na culinária japonesa), na preparação dos pratos ou como chá, uma vez por semana. Gestantes não devem utiliza-lo (contrações uterinas).

Confira nossos sucos que alimentam e aumentam a imunidade:

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.