Publicado em Deixe um comentário

Revitalizar o Organismo é mais que urgente

O ser humano é interessante, ele renova o guarda roupa, a tinta nos cabelos, a manicure, a pedicure, o cadastro bancário… Mas não renova o organismo, deixa de revitalizá-lo mesmo sabendo que é preciso, pois a falta de vitalidade se torna patente no dia a dia. É a preguiça que se instala, a falta de vontade de caminhar, de fazer amor, de viajar… é o comodismo se instalando enquanto o organismo, desprezado e descuidado vai se esfacelando.

Para iniciar a revitalização orgânica, logo de cara, precisamos usar o Revitalorg CE ou o Revitalorg SE. Qual é a diferença entre eles? você deve estar se perguntando, veja:

Revitalorg SE: É o revitalizador orgânico para quem sofre de hipertensão.

Página do Produto SE:

http://alojadochadearacaju.com.br/index.php?page=produto&id=602&nome=revitalorg-s-e

Revitalorg CE: É para quem não sofre de hipertensão.

Página do Produto CE:

http://alojadochadearacaju.com.br/index.php?page=produto&id=601&nome=revitalorg-c-e

Saiba o que o Revitalorg SE ou o Revitalorg CE fazem por você:

Atua de maneira benéfica na sexualidade.
Atua nas artroses.
Artérias endurecidas.
Bico de papagaio.
Cãibras.
Coluna.
Descalcifica as articulações calcificadas.
Descalcifica as escleroses calcificadas melhorando sensivelmente cada local afetado.
Desgaste natural é atenuado.
Doenças de origem reumática.
Elimina as inflamações.
Elimina grande parte das dores reumáticas
Elimina o excesso do ácido úrico.
Esporão de calcanho.
Evita enfartes.
Fascite plantar
Músculos comprometidos pela rigidez.
Nervo ciático.
Preventivo contra o câncer (se você tem história familiar, precisa usar)
Próstatite
Purifica o sangue.
Rejuvenesce.
Revitaliza a visão.
Revitaliza o cérebro.

Importante notar que você começa a tomar o Revitalorg para uma doença e acaba tratando várias delas, pois os sintomas da melhora são evidentes. Por exemplo, você toma o Revitalorg CE ou o Revitalorg SE para a revitalização de seu organismo e acaba por eliminar a inflamação do Nervo Ciático, evitar enfarte, purificar o sangue, resolver sua prostatite, sua visão melhora a ponto de precisar de óculos com grau mais baixo etc. É o caso de tomar para resolver um problema e acabar resolvendo bem mais de um.

Apresentação: Frascos com 30 ml

Modo de Usar Casos menos graves: 30 gotas em 200 ml de água pela manhã durante 06 meses
Modo de Usar Casos mais graves: 30 gotas em 200 ml de água pela manhã e às 17 horas em casos mais graves durante 06 meses.
Manutenção: 30 gotas em 200 ml de água pela manhã 03 X na semana. Ex.: 2ª – 4ª e 6ª feira.

Observação 01: Ao deixar de usar, irá perdendo os efeitos benéficos. Faça a manutenção.
Observação 02: Este composto não é medicamento, é um suplemento alimentar sem contra-indicação e é compatível com o uso de qualquer medicamento, não interferindo na ação do mesmo.

Mas será que você sabe que seu organismo está desvitalizado? Leia o texto.

Falta de vitalidade
Muitos de nós acabamos aceitando este quadro que se agrava dia-a-dia culpando simplesmente a idade que vai chegando. Nos conformamos com este nosso novo estado e acreditamos sinceramente que nada pode ser feito e que este quadro só vai ser intensificado. Engano puro. Sabemos que para termos disposição, clareza de pensamento e agilidade física não podemos ir parando com o tempo. Muita leitura, exercícios físicos regulares, compromissos sociais e a busca incessante em fazer coisas que nos dão prazer são as principais chaves da vitalidade na terceira idade. Não parar nunca de ler e de integrar-se com o progresso faz com que os neurônios continuem desempenhando seu papel fundamental, o de mandar estímulos regulares para que o corpo funcione de maneira harmônica.

Entretanto, com o passar dos anos acabamos acumulando no organismo substâncias que são nocivas, como o alumínio pelo uso contínuo de panelas deste material, a utilização excessiva de produtos químicos para limpeza e higiene pessoal, a alimentação inadequada cada vez mais pobre de nutrientes, a falta de oxigenação do organismo e o aumento disparado da carga de energia elétrica que vai se acumulando no sistema nervoso, causando inúmeros danos à vitalidade natural do organismo.

Veja alguns sinais de falta de vitalidade orgânica:

Falta de ar.
Dificuldade para amarrar o cadarço e ficar ofegante quando levantar.
Estar mentalmente confuso.
Digitava trocando as letras.
Resistência física muito baixa.
Tornar-se uma pessoa apática, sem a menor vontade de fazer alguma coisa.
Altíssimo índice de energia eletromagnética instalado no organismo, o que é chamada de alta carga elétrica parasitária.
Má oxigenação do sangue.
Intoxicação generalizada

Beber muita água ajuda a revitalizar! Essa é uma tática para manter a pele bonita e o corpo hidratado, o que vai beneficiar todas as células do corpo e não apenas as da pele, pois se o organismo está desidratado, as células vão extrair água da circulação. O sangue se torna mais denso e a absorção da energia também vai ser dificultada.

O corpo humano precisa de vários nutrientes para se manter forte e saudável. Alguns ele possui autonomia para produzir, já outros ele precisa buscar fora, principalmente nos alimentos, como é o caso das vitaminas. Presentes em pequenas quantidades em frutas, cereais, legumes, hortaliças e carnes, elas são indispensáveis para o funcionamento do organismo, pois desempenham um papel muito importante para o metabolismo celular, favorecendo e regulando as reações químicas que ocorrem nas células e que permitem a absorção dos nutrientes presentes nos alimentos.

O corpo humano precisa de energia e por isso as pessoas precisam se alimentar. Na maioria dos casos, desde que a pessoa não apresente dificuldades de absorção dos nutrientes, ela não precisa de suplementação alimentar, basta ter o hábito de manter uma alimentação saudável, que supra todas as necessidades do seu corpo. Moramos num país tropical e temos abundancia de frutas, verduras, grãos e legumes o ano inteiro. Nós precisamos comer de tudo um pouco e com variedade. Não existe restrição de alimentos, desde que seja na medida certa.

As vitaminas são divididas em dois grandes grupos, as lipossolúveis, que são as vitaminas A, D, E e K e as hidrossolúveis, que são as vitaminas C e as do complexo B. As hidrossolúveis são absorvidas pelo organismo junto com a água e as lipossolúveis, com a presença de gorduras. Mas não se entupir de gorduras, basta apenas o uso do azeite de oliva num fio fino sobre a salada, ou sobre o prato. Abstenha-se de gordura de procedência animal e verá como sua saúde será melhorada

Falta de vitaminas

Sem exceção, todos os tipos de vitaminas são importantes para o organismo. E quando ele começa a sentir falta de alguma delas ou qualquer outro nutriente importante, logo passa a apresentar sintomas que podem ser reconhecidos facilmente pelas pessoas.

O corpo é uma máquina muito inteligente, e quando ele começa a sentir a necessidade de algum nutriente, passa a mandar sinais, iniciando por questões que parecem não ser tão importantes para a saúde, aos olhos das pessoas. Quando falta algum tipo de vitamina também é desta forma que o corpo reage. Por exemplo, a queda de cabelos, unhas frágeis com manchas, pele seca e escamosa ou mesmo problemas na visão e imunidade baixa podem significar um sinal de que alguma vitamina está em falta.

Esses podem ser os primeiros sinais, mas a falta de cada tipo de vitamina pode influenciar no aparecimento de doenças específicas e por isso é preciso estar atento. A seguir destacamos algumas das vitaminas e o que acontece quando elas estão em falta no organismo:

Vitamina A: a falta dessa vitamina em níveis muito altos pode resultar em problemas de pele, como pele muito áspera e seca, também dificuldades na visão noturna e xeroftalmia, que pode levar à cegueira permanente. Para repor a vitamina A, o ideal é consumir alimentos que tenham a coloração laranja, vermelho e amarelo.

Vitamina D: a falta desta vitamina em níveis muito altos pode provocar doenças nos ossos, raquitismo e problemas nos dentes. Entre os alimentos que podem ajudar a repor essa vitamina está a carne de peixe e tomar sol nos horários antes das 10h e depois das 16h.

Vitamina E: sua falta pode causar anemia, debilidade muscular e nervosa e retenção de líquidos nos tecidos. Essa vitamina pode ser encontrada em alimentos como carnes magras, folhas verde escuras, castanha do Pará, ovos e fígado.

Vitamina K: sua falta pode dificultar o estancamento de hemorragias. Pode ser encontrada em vegetais verdes.

Vitamina C: a falta dessa vitamina em níveis muito altos pode provocar baixa imunidade, fadiga, dores nas juntas, escorbuto. Essa vitamina pode ser encontrada em alimentos como frutas cítricas.

Vitaminas do complexo B: a falta de certas vitaminas do complexo B pode provocar fraqueza muscular, diminuição da memória, falta de energia, depressão, diminuição do apetite e beriberi (B1); dermatite seborreica, estomatite, inflamação de gengiva, catarata, lesões na língua, (B2); insônia, cansaço, irritabilidade, manchas na pele, (B3); artrite, alergias, estresse, retardo de crescimento, queda de cabelo, envelhecimento precoce, (B5); caspa, anemia, lesões na boca, náuseas e gengivite, (B6); alopecia, dores musculares, dermatites, palidez, calvície, (B7); apatia, anorexia, anemias, cansaço, dores de cabeça, fraqueza muscular, insônia, malformações no início do desenvolvimento fetal (B9) e alterações neurológicas, anemia, distúrbios no sangue (B12).

Cuidados
Por serem consideradas pela legislação suplementos alimentares e não medicamentos, a venda das vitaminas é permitida sem a necessidade da apresentação da receita médica. Por isso, muitas pessoas, quando precisam repô-las, recorrem às farmácias. Contudo, a reposição das vitaminas através de uma alimentação saudável é muito mais indicada, tanto pela questão dos custos, já que as vitaminas compradas se tornam mais caras que os alimentos e também pelo benefício que o consumo de frutas, hortaliças, cereais e legumes, entre outros alimentos, traz para a saúde de um modo geral. A suplementação só seria indicada se a pessoa tiver alguma doença que precisa de uma reposição maior de vitaminas no organismo.
Outro cuidado é que, algumas vitaminas, para serem ativados os seus benefícios, precisam da ajuda de fatores externos. Por exemplo, nada adianta as pessoas comerem peixe para repor a vitamina D se elas não tomam sol. É preciso ter a combinação dos dois, para que o organismo ative a absorção dos nutrientes.

Vitaminas em excesso
Apesar de serem essenciais para o funcionamento do organismo, como tudo que é em excesso faz mal, vitaminas demais também podem trazer problemas. É preciso ter consciência das quantidades que o organismo precisa dessas substâncias para não exagerar.

O excesso de vitaminas, também chamado de hipervitaminose ou toxidade de vitaminas, pode trazer complicações. Por exemplo: vitamina A em excesso pode provocar sonolência, vômito, perda de apetite, perda de cabelo, erupções de pele, irritabilidade, erosões nos cantos da boca, aumento de baço e fígado em casos avançados. Vitamina D em excesso pode originar calcificação excessiva de osso e de tecidos moles, cálculos renais, dor de cabeça e vômito. Vitamina E pode provocar hipertensão, tromboflebite, embolismo pulmonar, fadiga e anticoagulação. A vitamina C em excesso causar formação de cálculos renais ou síndrome de adaptação para a hipersaturação, resultando paradoxalmente em um estado de deficiência de vitamina C.

Suco diário para ajudar a desintoxicar e revitalizar o corpo, excelente para o brilho da pele

Ingredientes:
3 partes de cenoura
1 copo de água filtrada
½ colher de chá de gengibre
1/2 maçã

Tome sua dose de Revitalorg CE ou do Revitalorg SE e veja como seu organismo será revitalizado. Claro que não ficará como um menino, mas quase… heheheh.

Um abraço e saúde

Malva Gomes

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *