Publicado em

PRÓSTATA – HPB: Indicações Fitoterápicas e Nosodioterápicas

Adenoma prostático, hipertrofia prostática ou – termo cientificamente mais correto – hiperplasia benigna da próstata – (HPB) são termos análogos que significam simplesmente "engrossamento" da próstata (das dimensões originais de uma pequena ameixa, pode atingir o tamanho de uma laranja grande). Embora ainda não estejam bem definidos os mecanismos e as causas da HPB, o certo é que, com o passar da idade, especialmente depois dos quarenta anos, verifica-se um novo arranjo na produção de hormônios masculinos. Isto é natural, fisiológico. De fato, habitualmente quando o médico diz: "hiperplasia prostática", acrescenta o termo "benigna" e subentende-se que não há aí qualquer relação entre a hiperplasia e o câncer de próstata.
Sintomas
É interessante notar que nem sempre o volume da próstata corresponde à gravidade dos sintomas. Há pacientes com próstatas pouco aumentadas, mas com sintomatologia acentuada e vice-versa. Daí a importância do exame urológico bem-feito, incluindo sempre toque retal.
Fatores de risco
1. Idade (mais de 50 anos);
2. Presença de níveis elevados de andrógenos (testosterona/diidrotestosterona);
3. Hereditariedade.
Medidas Diagnósticas
Obrigatórias:
1. História clínica;
2. Escore de sintomas;
3. Exame físico (toque retal, etc);
4. Sedimento urinário;
5. Creatinina;
6. PSA.
Recomendáveis:
1. Ultrassonografia;
2. Fluxometria;
3. Resíduo Urinário.
Opcionais:
1. Urodinâmica;
2. Urografia Excretora;
3. Uretrocistografia;
4. Endoscopia;
5. Outras.
De acordo com estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) com mais de 10 mil homens em 11 estados brasileiros, 65% deles têm indícios de próstata aumentada. No mundo, o número chega a 72%.
IDADE TAXA DE HPB
40 – 49 anos 14%
50 – 59 anos 24%
60 – 69 anos 43%
70 – 79 anos 40%
Não é apenas a barriga que costuma ganhar mais medidas com o decorrer do tempo. A partir dos 50 anos, uma condição torna-se bastante comum entre os homens, o crescimento da próstata. Esta pequena glândula, de apenas 15 gramas e responsável pela produção do esperma, chega a pesar de 30 a 120 gramas com o passar do tempo, condição chamada de hiperplasia prostática, a doença mais comum na próstata.
A hiperplasia prostática é um inchaço da glândula que obstrui parcial ou totalmente a uretra. A doença começa silenciosa, sem alardes, aumentando aos poucos a frequência de urinar. Com o tempo, pode causar dor e a sensação de que a bexiga nunca se esvazia, o que prejudica toda a vida do homem, que precisa ir ao banheiro várias vezes durante o dia e à noite.
o cliente que sofre com HPB não consegue participar de uma reunião, dormir a noite toda, ir à uma sessão de cinema ou viajar. Casos graves levam o homem à retenção ou incontinência urinária ou até a insuficiência renal.
Veja como nós da A Loja do Chá de Aracaju tratamos hiperplasia benigna da prostática ou HPB.
Tratamento Fitoterápico:
05 Floral Prostazol : 30 gotas em 200 ml de água natural 03 X dia. Ex.: 07 – 14 e 21 horas
05 Floral Revitalorg S/E : 30 gotas em 200 ml de água natural 03 X dia. Ex.: 08 – 15 e 20 horas, desde que não sofra de hipertensão. Se sofre, tome 02 X dia.
03 Floral Saw Palmetto : 30 gotas em 200 ml de água natural 01 X dia. Manhã.
03 Floral João Mole : 30 gotas em 200 ml de água natural 01 X dia. Noite.
06 Farinha de Semente de Abóbora : 01 colher de sopa sobre uma das refeições.
Tratamento Trofoterápico:
1. Alimentação o mais saudável possível, isenta de leite de gado, carnes gordas, carne de porco e frango de granja.
2. Usar soja em substituição à carne 01 ou 02 X na semana.
3. Usar Leite de soja ADES Original 01 copo de 250 ml por dia.
4. Aumentar consideravelmente o uso de frutas e verduras cruas.
5. Evitar embutidos: Lingüiça, mortadela, peito de peru etc.
6. Evitar queijos brancos, amarelos e de qualquer outra cor e tipo.
Tratamento Nosodioterápico:
Constitucional de Bach Nº 03 : É ele que prepara o organismo para a entrada dos nosódios. Daí os nosódios só poderem ser tomados 24 horas a partir da toma do 1º Bach. O Bach é numerado de acordo com a forma física e traços característicos da personalidade do cliente, a numeração vai de 01 a 10 e depende da idade, peso e altura da pessoa. São necessários 04 frascos.
O 1º deve ser tomado no dia seguinte ao recebimento dele, pois será diluído em 50 ml de água e tomado em jejum.
O 2º deverá ser agendado para tomar da mesma forma 03 meses após o 1º.
O 3º deverá ser agendado para ser tomado de igual forma após 06 meses do primeiro.
O 4º deverá ser agendado para ser tomado de igual forma após 09 meses do primeiro. Unidade
http://alojadochadearacaju.com.br/index.php?page=produto&id=1004
05 Nosódio Próstata : É utilizado nos casos de aumento da próstata, prostatismo e demais doenças da próstata.
http://alojadochadearacaju.com.br/index.php?page=produto&id=1056
05 Andro Nosódio – Drenador : É utilizado para drenar sintomas masculinos em geral (impotência, dores, e aumento dos testículos) etc.
http://alojadochadearacaju.com.br/index.php?page=produto&id=1085
Veja abaixo dez dicas sobre a condição, seu sugestão e prevenção:
Dica 01- A chance de apresentar hiperplasia benigna da próstata – HPB dobra a cada década do homem. É a doença mais comum da próstata.
Dica 02 – A hiperplasia prostática prejudica a qualidade de vida do homem e muda sua rotina, afetando o desempenho no trabalho, no humor, no casamento, na vida sexual. O principal sintoma é o aumento da frequência para urinar.
Dica 03 – Algumas condições favorecem o cre
scimento da próstata: fatores genéticos, diabetes, obesidade e tabagismo. Ter uma vida saudável, com alimentação equilibrada e sem cigarro, podem ajudar a diminuir as chances de apresentar o problema. É importante também procurar o urologista com frequência após os 40 anos, para solicitar um exame da próstata, o nível do PSA.
Dica 04 – O diagnóstico é feito pela história clínica e toque retal. O ultrassom e o estudo urodinâmico são necessários em alguns casos.
Dica 05 – A dificuldade, segundo o especialista, é que a hiperplasia benigna ainda é negligenciada. Há muitos casos de sub-diagnóstico. Não temos dados estatísticos no Brasil, mas estima-se que, de seis milhões de pessoas que precisariam receber atenção ao problema, apenas 300 mil estão em sugestão.
Dica 06 – O crescimento da próstata não evolui para o câncer de próstata. São patologias concomitantes, como enfisema e câncer de pulmão.
Dica 07 – Não há nada comprovado que uma taça de vinho por dia ou alimentos como tomate e castanha ajudem a prevenir a doença na próstata.
Dica 08 – Casos mais leves são cuidados com medicamento e, de acordo com o especialista, 30% dos pacientes precisam de cirurgia para reduzir o tamanho da próstata, que pode ser tradicional – de ressecção transuretral convencional para retirada fragmento da próstata pela uretra, ou a laser, que vaporiza a próstata.
Dica 09 – O sugestão mais avançado no Brasil atualmente é a cirurgia a laser, não invasiva, sem limite para o volume de próstata, o que aumenta o número de pessoas beneficiadas pela cirurgia. A tecnologia chamada de GreenLight reduz o tempo de internação e recuperação, e o paciente tem alta, em média, em até 24 horas. Mais de 600 estudos comprovam a eficácia e segurança do GreenLight, com mais de 500 mil pacientes cuidados em todo o mundo.
Dica 10 – O sugestão com laser verde é um avanço para pacientes com doenças do coração, que precisam utilizar drogas anticoagulantes e antes não tinham alternativas de cirurgia. Como o sangramento é mínimo, não há necessidade de suspender o medicamento.
Aproveitando o lugar e o tema, há pessoas que confundem HPB com Prostatite. Leia abaixo sobre a prostatite e não faça confusão.
O QUE É A PROSTATITE?
Prostatite é uma doença inflamatória da próstata que afeta homens adultos e, mais raramente, meninos pré-adolescentes. Existem diferentes tipos de prostatite e ela pode apresentar diferentes conjuntos de sintomas, cada um com causas, manifestações e sequelas próprias.
Quais são os sintomas da prostatite?
Na prostatite bacteriana aguda, os sintomas são febre alta e repentina, mal-estar geral, calafrios, dores nas costas, nos músculos, nas articulações e no períneo; há dor ao urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia e durante a noite e urgência miccional (vontade de urinar difícil de segurar). Há também uma dificuldade em esvaziar completamente a bexiga.
A prostatite bacteriana aguda pode, eventualmente, levar à formação de abscesso prostático. A maioria dos casos de abscesso prostático ocorre em homens na faixa dos 50 a 70 anos. Uma vez que o abscesso é diagnosticado, o tratamento consiste em antibióticos e em drenagem adequada do abscesso. A maioria dos abscessos prostáticos é curada sem recorrências ou seqüelas graves quando o diagnóstico e o tratamento são adequados.
Na prostatite bacteriana crônica, os sintomas são parecidos, mas, sem febre. Ocorre dor ao urinar, necessidade de urinar mais vezes, principalmente à noite; os pacientes sentem dores nas costas (regiões baixas), no períneo e nos genitais. Podem ocorrer dores após a ejaculação e saída de sangue no esperma.
Na prostatite não bacteriana e na prostatodinia, os sintomas mais comuns são: dor ao urinar, dificuldade em esvaziar a bexiga, urgência miccional, aumento da necessidade de urinar (de dia e à noite), dor no púbis, no escroto, nas costas e na extremidade da uretra (orifício por onde sai à urina), jato urinário mais fraco e dificuldade em manter o jato contínuo.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

4 comentários sobre “PRÓSTATA – HPB: Indicações Fitoterápicas e Nosodioterápicas

  1. Quando o Sr. fala ” bons resultados”, isso quer dizer redução completa da prostata ou um paliativo p/ urinar sem muito problema.

    1. Olá Lincoln, o uso do Kit para Próstata foi eficiente em diversos casos em que clientes optaram em fazer uso dos produtos. Houve redução do aumento da próstata e nos sintomas relacionados.

  2. Caramba quero saber que produto eu uso para combater a hipertrofia prostática benigna, não como ela acontece, isso eu já sei….

    1. Caro Antonio, fico feliz que saiba, mas há pessoas que necessitam de uma explicação. Quanto ao produto para seu caso, comercializamos a quase duas décadas, o Kit para Próstata. Este conjunto de produtos tem tido sempre bons resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *