Publicado em

Microondas é seguro?

Ah, aproveitando vou, com muito amor e carinho, mesmo sem tempo, digitar o texto completo de um artigo, com bases e fontes científicas, publicado em uma revista voltada para a saúde, que fala sobre o MICROONDAS, essa praga destruidora dos alimentos, dos nutrientes, e que se não bastasse isso, transforma-os em verdadeiros venenos. Estou exagerando? Vocês não abrem mão do conforto e praticidade dessa máquina de morte? Quero ver o que vocês vão pensar depois de lerem o texto abaixo. Ah, e por favor, depois disso não façam a tolice de passá-lo para frente, presenteando alguém, a não ser que seja para o dono do “Ferro Velho” ou para Reciclagem, claro que depois de destruí-lo. Ou então, façam como uma amiga minha, ela usa o aparelho para guardar pães e biscoitos. Kkkkkk… Este texto está abaixo assinado pela Culinarista e futura Trofoterapeuta Catari Avancini. Gostei muito e estou dividindo as informações com vocês, Malva.

MICROONDAS É SEGURO?

O forno microondas é um eletrodoméstico que se encontra cada vez mais em lares de todo o mundo. É cômodo, prático e rápido mas, é bom para nossa saúde?
Desde várias décadas as cozinhas de muitas famílias e lares de diversos países do globo contam com um novo ajudante: o forno de microondas, um eletrodoméstico que cada vez tem mais adeptos e inclusive em muitas ocasiões substitui o fogão tradicional. Com ele é possível esquentar, cozinhar rapidamente uma infinidade de alimentos e bebidas, tornando mais simples e cômoda a vida de quem o possui.

Ao redor do mundo os governos e suas instituições reguladoras permitem a venda de fornos de microondas, e os riscos que advertem do uso destes dispositivos se limitam à manutenção adequada do forno, pois do contrário poderiam apresentar vazamento de microondas maiores ao limite definido como seguro, sobretudo enfatizam que a porta e o isolamento da mesma devem estar em boas condições para evitar acidentes. Os fabricantes também sinalizam as condições seguras de operação dos seus produtos. Entretanto nenhuma destas advertências se refere aos riscos para o organismo ao comer alimentos alterados pelo microondas. É nesse aspecto onde o popular eletrodoméstico tem seus críticos, já que os fabricantes e governos tem desestimulado estudos científicos, a fim de evitar o conhecimento pelo público em geral.

Propriedades alteradas

São muitos os estudos científicos que foram realizados no mundo relacionados com as conseqüências da radiação do microondas nos alimentos. Por exemplo, em 1992, a Escola de Medicina da Universidade de Stanford, Califórnia, Estados Unidos, descobriu em uma pesquisa que o leite materno esquentado no forno microondas a altas temperaturas reduzia as propriedades imunológicas desse alimento.

Antes disso, cientistas suíços constataram em 1989, que ao consumir alimentos processados em fornos microondas, o sangue sofria mudanças significativas imediatamente. Os pesquisadores sinalizaram que algumas dessas mudanças eram muito importantes, pois indicavam o inicio de um processo patológico, como por exemplo o câncer.

Como afeta a vida?

Uma experiência realizada nos Estados Unidos, com duas plantas iguais, mostrou como a água esquentada em um microondas e usada para regar apenas uma delas, provocou a sua morte em nove dias. A outra planta foi regada com água fervida em fogão convencional e cresceu de forma normal no mesmo período de tempo.

Alternativas ao forno de microondas são o forno elétrico, o forno a gás e o fogão convencional. É nosso corpo, nossa saúde e vida.

Efeitos não térmicos

Além dos efeitos térmicos ocasionados pela fricção das moléculas, também há efeitos não térmicos ocasionados pela interação do microondas e estruturas de organismos vivos. São poucos os países que consideram esses efeitos não térmicos na definição de padrões de segurança para a fabricação de fornos, a maioria só consideram os efeitos térmicos do microondas.

A partir de conclusões de estudos clínicos realizados na Suíça, Rússia e Alemanha não se podem ignoram seus efeitos negativos. As investigações encontraram o seguinte:

– Comer continuamente alimentos processados no forno microondas pode causar dano cerebral permanente a longo prazo – causando “curto circuito”nos impulsos elétricos do cérebro (despolarizando ou desmagnetizando o tecido cerebral)

– O corpo humano não pode metabolizar os produtos desconhecidos que são gerados a partir da comida processada no forno microondas

– A produção de hormônios masculinos e femininos para ou se altera ao comer continuamente comidas processadas no forno de microondas.

– Os efeitos dos produtos derivados da comida processada em microondas são residuais, de longo prazo e permanentes no corpo humano.

– Os minerais, vitaminas e nutrientes de toda comida processada em fornos de microondas são reduzidos e alterados de tal forma que o corpo humano recebe pouco ou nenhum benefício ou absorve componentes alterados que não podem ser metabolizados para sua assimilação.

– Os minerais contidos nos vegetais são alterados e se transformam em radicais livres cancerígenos ao serem cozidos em forno microondas.

– A comida processada em forno microondas provoca desenvolvimentos cancerígenos (tumores) estomacais e intestinais. O que poderia explicar o crescente índice de câncer de colo nos Estados Unidos.

– O consumo prolongado de comida processada em forno microondas provoca a proliferação de células cancerígenas no sangue humano. A ingestão contínua de comida processada em forno microondas produz deficiências no sistema imunológico através de alterações nos gânglios linfáticos e no soro sanguíneo.

– O consumo de comida processada em forno de microondas ocasiona perda de memória e de concentração, instabilidade emocional e diminuição da inteligência.

Referências:
[1] Quan, R. et al. (1992): Effects os Microwave Radiation on Anti-Infective Factors in Human Milk. Pediatrics.89 (4): 667-69.

[2] Blanc, B.H./Hertel, H. U.(1992): Comparative Study about the Influence on Man by Food Prepared Conventionally and in the Microwave-Oven.

[3] Blanc, B.H./Hertel, H. U. (1992): H. Ande Weg vom Mikrowellenherd! – Raum & Zeit Special NR. 6, Ehlers, Sauerlach.

[4] http://curezone.org/art/read.asp?ID=112&db=7&CO=6

(acessem esse link e vejam o artigo com 40 páginas sobre o microondas) O que mais você precisa saber? Espero ter sido útil e cumprido o meu papel de culinarista vegetarina e futura trofoterapeuta (é para isso, também, que estou estudando).

Beijos, fabulosinhos(as).

Catari Avancini

Culinarista Vegetariana

(79) 9981.1409 vivo

(79) 9119.4989 tim

[email protected]

dafabulosa.com

facebook.com/dafabulosa

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *