Publicado em

Mangabeira: Uma benção divina

Fico admirada a cada nova descoberta das propriedades medicinais de frutas, ervas, cascas, entrecascas e até do leite que escorre dos troncos de árvores, como o leite da mangabeira. Como se não bastasse a fruta de sabor delicioso, Deus não economizou nas propriedades.

Veja abaixo como é importante esta árvore nativa do sertão brasileiro. Meu sócio, o Sr. Osvaldo, após capotar várias vezes, ficou com 23 fraturas. Os médicos queriam operar e o prepararam quase completamente, mas quando ele deu pela coisa, fugiu do hospital e foi tratar-se com o leite da mangabeira. Claro que tomou litros e litros, mas todas as fraturas consolidaram-se, inclusive a do pescoço. Não aconselho ninguém a repetir tal façanha, mas conto para que vejam quão importante o leite de mangabeira é.

Nome popular: Mangabeira, Mangaba.

Nome cientifico: Hancornia speciosa, Familia: Apocynaceae Fenelogia – Florece durante os meses de setembro-novembro.

O Leite de Mangaba: O leite desta planta desde muito tempo é empregado em problemas ósseos, consolidação em casos de fraturas, problemas estomacais, na tuberculose pulmonar, nas úlceras rebeldes e nas corrupções pustulosas. Há muito se tem notícia dos benefícios desse leite contra gastrites (inclusive por h pylori) e demais distúrbios esofágicos.

A casca: ela tem suas virtudes medicinais, usando-se o cozimento para combater as obstruções do fígado e do baço.

Folhas da mangabeira: Uma pesquisa conduzida pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) indica que a árvore mangabeira, comum no estado, pode ser muito mais eficaz do que o remédio mais vendido contra a pressão alta. A folha da árvore contém princípios vasodilatadores.

Sobre a hipertensão / pressão alta: O que a sabedoria popular já dizia agora foi comprovado em pesquisa científica, e o resultado surpreendeu os farmacêuticos. No combate à hipertensão, a mangabeira tem substâncias que, na dose certa, podem ser mais potentes e mais eficientes do que remédios muito usados hoje. Os pesquisadores fizeram um extrato da folha, dissolveram em água e serviram a camundongos hipertensos.

As análises mostraram que o chá da mangabeira tem três princípios ativos que, juntos, são até dez vezes mais potentes do que o captopril, usado no tratamento da pressão alta. O chá ainda tem uma qualidade extra: além de inibir a produção de substâncias que causam a hipertensão, ele também é vasodilatador.

Nos animais, a pressão arterial baixou, e ficou controlada. Nas lojas de produtos naturais, é procurada pelo nome do fruto, mangaba, e vendida sob a forma de pedaços do tronco. É bom para controle de diabetes, colesterol e hipertensão, afirmam os conhecedores das ervas medicinais. Os seus frutos são comestíveis e muito apreciados principalmente na região nordeste do pais, onde são regularmente comercializados nas feiras e indústrias na forma de sorvetes e doces.

A mangabeira é uma árvore de galhos pequenos que produz flores claras e perfumadas, parecidas com o jasmim. é típica do litoral do Norte e Nordeste. A fruta é uma baga de cor vermelho-amarelada, muito usada no preparo de sucos, refrescos e sorvetes.

Malva Gomes dos Santos

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Deixe um comentário ou resposta...