Publicado em

Gestação: Minha cadela está gestando, e agora?

Sem dúvida alguma a castração é sempre a melhor ideia para seu animal, caso você não tenha interesse em criação de filhotes. A castração da fêmea diminui os riscos de infecção uterina, câncer de mama e prenhez indesejada. É muito comum, em uma clínica veterinária, receber ligações de donos de animais preocupados por conta de uma prenhez indesejada e não possuírem prática e conhecimento necessário para ajudar seus animais durante esta fase. Entender um pouco mais sobre como cuidar de um animal prenhe é importante para evitar complicações desnecessárias.

A gestação em cães dura em média 63 dias. O diagnóstico de prenhez é feito na clínica veterinária através do uso de raio-x, ultrassonografia e exame de sangue. No início da gestação é comum o dono notar aumento da cavidade abdominal (distensão abdominal), mudança de comportamento (muitas vezes a cadela se torna um pouco mais agressiva, protetora e procura se isolar), e aumento das mamas com produção de leite. Para que um parto ocorra tranquilamente, deve-se prestar atenção em alguns detalhes importantes para evitar complicações que possam colocar em risco, não somente a vida dos filhotes, mas a vida da sua própria cadela.

Início da gestação

Logo no início e durante a gestação, o metabolismo da cadela gestante irá mudar drasticamente. Ela irá precisar de mais energia e irá queimar mais calorias. Comida para animais em crescimento (comida para filhotes) é uma boa opção para oferecer à cadela no período de amamentação e deve ser iniciado ainda durante a gestação.
O recomendado é mudar para a nova ração cerca de três semanas antes do parto. A suplementação com cálcio não é recomendada, pois pode causar supressão da produção normal de hormônios que regulam o cálcio no organismo. A supressão destes hormônios pode reduzir a quantidade de cálcio disponível para quando se precisa mais (durante a amamentação).

Exercícios

Exercícios leves e regulares durante a gestação ajudam a cadela a manter sua força e disposição física. No entanto, é importante evitar qualquer atividade intensa e estressante. Obesidade é um problema perigoso pois pode causar dificuldade no controle do açúcar no sangue. A hiperglicemia (muito açúcar no sangue) pode por a gestação em risco. Ao mesmo tempo, a cadela obesa não deve ser submetida a nenhum tipo de programa para perder peso durante a gestação.

Atenção

Nas três últimas semanas de gestação, a cadela irá procurar por isolamento, nesta fase deve-se evitar as caminhadas em público e exposição à outros cães.

Vacinação

Não é recomendado a vacinação durante a gestação para evitar riscos aos filhotes. O ideal é a vacinação imediatamente antes da prenhez, nos casos de prenhez programada. A imunidade oferecida pela vacina é transmitida aos filhotes através do colostro (primeira fração de leite produzida). Com relação ao controle de parasitas (pulgas, carrapatos e vermes), deve-se continuar com o uso de produtos aprovados pelo seu veterinário durante a gestação e, principalmente, após o parto e durante amamentação.

Problemas

Sempre existirá a possibilidade de problemas durante o parto. Algumas raças como Bulldogs, Pugs e Pekineses raramente conseguem parir todos os filhotes sem ajuda veterinária.

* Este Texto faz Parte da Coletânea do Dr. Luiz Bolfer e todos os textos das páginas da PetLine foram publicados em Colunas, Saúde Animal por Dr. Luiz Bolfer.
Dr. Luiz Bolfer formou-se em Medicina Veterinária no Brasil e mudou-se para os Estados Unidos para se especializar em Cardiologia, Emergência e Cuidados Intensivos em cães e gatos. Completou 12 meses de Internato em Clínica Médica e Cirúrgica Veterinária na Universidade de Illinois. Atualmente é Residente em Emergência e Cuidados Intensivos no Centro Médico Veterinário da Universidade da Flórida em Gainesville.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *