Publicado em

Enxaqueca e Dor de cabeça

Há dores que são fáceis de serem eliminadas, por exemplo a dor de cabeça, na grande maioria dos casos é apenas o grito desesperado de nosso organismo reclamando que está com sede. antes de tomar medicamentos para cefaleias, experimente tomar vagarosamente meio litro de água pura, cristalina e examine-se para constatar que a dor desapareceu.

Já a enxaqueca é um desequilíbrio químico no cérebro, envolvendo hormônios e substâncias denominadas peptídeos. Esse desequilíbrio resulta de uma série de outros desequilíbrios neuroquímicos e hormonais, decorrentes do estilo de vida e hábitos do portador da doença enxaqueca, e também de uma predisposição genética. O resultado é uma série de sintomas, que podem ir muito além da dor de cabeça. Por sinal, existem casos de crises de enxaqueca sem, ou com muito pouca dor de cabeça. Geralmente porém, a dor de cabeça é o sintoma mais dramático da enxaqueca e sua intensidade, apesar de variável, na maioria dos casos é moderada a severa. A enxaqueca é um dos tipos de cefaleia mais comuns, e se caracteriza por dores pulsantes em um ou nos dois lados da cabeça, e geralmente vem acompanhada de fotofobia e fonofobia, que são a sensibilidade à luz e aos sons, além de náusea e vômito. Uma crise pode durar de 4 a 72 horas, é mais comum em mulheres e predominante em pessoas com idade entre 25 e 45 anos.

Para aliviar as dores, existem remédios naturais como o gengibre. Este possui propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas, responsáveis pelo alivio das dores e o gingerol, um de seus componentes, é o agente ativo que se comporta de forma semelhante à aspirina, bloqueando a síntese de prostaglandina e levando à redução da inflamação e da dor. Além disso, possui óleos voláteis, protease e lipídeos que também podem reduzir ou prevenir a enxaqueca.

Há muitas maneiras em que o gengibre pode ser usado medicinalmente. É preciso ainda estar atento às causas da enxaqueca e trata-las. As causas podem ser: música alta, estresse, excesso de atividades físicas, alimentos embutidos, longos períodos sem alimentar-se ou dormir bem.

O gengibre pode ajudar a acelerar o processo de recuperação de forma a reduzir as náuseas e os vômitos. Caso as enxaquecas sejam frequentes, pode ser feito o consumo frequente do gengibre como forma de prevenção. Ele pode ser consumido fresco em chás ou na forma de tempero, suplemento em cápsulas, tintura ou óleo. Um estudo feito com pacientes norte-americanos revelou que utilizando cerca de uma colher de chá de gengibre em pó misturado com água pura, as enxaquecas tiveram sintomas reduzidos em 30 ou 40 minutos. O combate foi comprovado no mesmo estudo quando os pacientes continuaram ingerindo esta mistura durante três ou quatro dias seguintes, cinco vezes ao dia.

Chá de gengibre:

Use a proporção de 1 colher de chá de gengibre moído ou ralado para cada 200ml de água. Leve a água ao fogo e adicione o gengibre. Quando alcançar fervura, espere mais 05 minutos e desligue. Coe, espere esfriar e beba sem adoçante ou açúcar. Consuma diariamente.

Conheça nosso Kit para Enxaqueca

Mas não só de gengibre você pode se armar contra a enxaqueca, nosso Kit para Enxaqueca é feito à base de Florais Essenciais e um chá.

Você poderá solicitar sugestão de tratamento também por e-mail clicando aqui e deixando seu pedido de sugestões para tratar de seus males informando o que sente, sua idade, peso, altura e sexo no campo mensagem.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *