Publicado em

Crescimento: Hormônio do crescimento humano. Saiba como aumentar

O hormônio de crescimento humano se produz na hipófise anterior. É necessária para o crescimento no desenvolvimento das crianças e para a renovação de células nos seres humanos de todas as idades. Quando as pessoas envelhecem, os seus corpos deixam de produzir o hormonio docrescimento humano, dando lugar aos efeitos secundários que são atribuídos ao envelhecimento: rugas, perda de concentração mental, fadiga, metabolismo mais lento e uma diminuição geral do estado físico. Contudo, há muitas coisas que você pode fazer para se assegurar de que o seu corpo mantém a sua produção ótima deste importante hormonio.

Durma bem durante a noite. O hormônio do crescimento é estimulada nos adultos jovens enquanto estes dormem. Nos sujeitos que dormem pouco ou cujo sono é interrompido, a libertação da hormona do crescimento também é retardada ou interrompida. O pico de produção ocorre nas fases profundas do sono, algo que acontece em média uma a duas horas depois do início do sono. Para se assegurar de que o seu corpo produz suficiente hormonio de crescimento humano, durma bem durante a noite.

  1. Consuma uma dieta rica em hidratos de carbono. Os hidratos de carbono simples, como por exemplo as pastas e os açúcares refinados, estimulam a produção de insulina, o que desencadeia a produção da somatostatina, que, por sua vez, suprime a libertação de insulina e do hormonio de crescimento humano. Hidratos de carbono complexos, como o feijão, legumes, nozes e cereais integrais, resultarão num metabolismo mais lento de açúcares naturais. Os aminoácidos, presentes nos frutos secos e sementes, também ajudam a aumentar a produção do hormonio do crescimento humano. O excesso de gordura e de calorias na dieta também pode inibir a produção e libertação do hormonio.

  2. Faça exercício de alta intensidade. O óxido nítrico e o lactato criados durante o exercício são as causas mais prováveis para o aumento da produção da hormona do crescimento humano. Os exercícios de alta intensidade têm um grande efeito positivo. Os exercícios de resistência, como corridas de longa distância, têm um efeito menor do que o levantamento de pesos e treinamento intervalado. No entanto, a atividade aeróbica é melhor, pois a formação de resistência não é tão eficaz e os episódios individuais de exercício intenso não aumentaram a produção do hormonio do crescimento humano num período de 24 horas.

  3. Tome suplementos à sua dieta, especialmente magnésio, zinco e vitamina B6. O magnésio ajuda ao relaxamento muscular e promove um melhor sono, o que ajuda a produzir a hormona do crescimento humano. O zinco ajuda a aumentar a produção das enzimas que produzem o hormonio. A vitamina B6 ajuda o corpo a manter os seus níveis de magnésio e zinco, que se perdem com facilidade durante o exercício intenso, o que resulta em fadiga. O hormonio de crescimento humano e a função muscular dos futebolistas melhoraram significativamente (em comparação com placebo) com um tratamento que incluiu suplementos noturnos de magnésio, zinco e vitamina B6. As quantidades e as dosagens tomadas foram: 30 miligramas de aspartato monometionina de zinco, 450 miligramas de aspartato de magnésio e 10,5 miligramas de vitamina B6. Tomar estes suplementos à noite ajudará a impulsionar a produção do hormonio de crescimento humano durante o sono.

  4. Descanso adequado , os hormônios de crescimento são substâncias produzidas no cérebro que estimulam o crescimento do corpo até o final da puberdade. A produção desse hormônio é significativamente menor quando a criança não dorme o suficiente. Ir se deitar na hora certa e dormir por um total de oito horas irá promover o crescimento adequado, incluindo a altura máxima.

  5. Alongamento. O alongamento é uma forma eficaz de aumentar a altura, em qualquer idade. Embora o corpo não fique mais alto na vida adulta, alguns exercícios de alongamento melhoram a postura, que muitas vezes adiciona dois ou cinco centímetros de altura a uma pessoa, caso ela normalmente ande curvada. Esses mesmos exercícios podem ter um efeito real sobre a altura durante a puberdade à medida que o corpo se desenvolve. Os exercícios para endireitar e fortalecer a coluna vertebral ajudam permanentemente a melhorar a postura e a altura. A posição cobra, por exemplo, é um alongamento em que a pessoa deita de cara para o chão e levanta a cabeça para cima enquanto arqueia as costas e apoia o peso com as palmas das mãos. A posição do gato é feita ficando sobre as mãos e os joelhos, arqueando e afundando a coluna vertebral repetidas vezes. O alongamento básico das pernas e ficar pendurado em uma barra pelas mãos ou joelhos também ajudam a incentivar a altura.

  6. Respiração profunda . Exercícios de respiração profunda ajudam a aumentar o oxigênio no corpo. Esse oxigênio extra estimula o crescimento e também é um exercício relaxante. Respire pelo nariz por cerca de três a cinco segundos, expandindo o peito e o estômago. Segure o ar por mais três a cinco segundos, estique os músculos abdominais e expire lentamente para liberar o ar. Por outro lado, a respiração superficial pode prejudicar o crescimento.

  7. Alimentação saudável . Quando você come, seu corpo libera insulina. Quanto mais você se alimenta, mais insulina produz. Ela evita a libertação adequada de hormônios do crescimento, responsáveis ​​pela altura. Por tanto, comer grandes refeições desestimula o crescimento máximo. Desenvolva hábitos alimentares saudáveis ​​que durarão a vida inteira e dê ao seu corpo o combustível que necessita para crescer. Comer pequenas porções nutritivas irá impedir que o excesso de insulina impeça a altura.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *