Publicado em Deixe um comentário

Andropausa? O que é e como tratar

Andropausa é na verdade um Distúrbio Androgênico do Envelhecimento Masculino, (DAEM), conhecida como menopausa masculina, mas na verdade não há nada para pausar, como a menstruação na menopausa. Ocorre geralmente entre as idades de 40 a 55 anos, quando os homens podem percebem sintomas semelhantes à menopausa embora não apresentem um ponto tão característico como a interrupção da menstruação para definir essa etapa. Ocorre nessa fase uma queda no nível da testosterona (hormônio) e com isso as mudanças ocorrem muito gradualmente nos homens. O homem experimenta um declínio gradual de suas funções gonadais, caracterizada pela diminuição da taxa de testosterona e da produção de espermatozóides.

Para passar pela andropausa, é fundamental conhecer as mudanças físicas e emocionais do envelhecimento masculino, há perguntas que ajudam a começar a pensar no assunto:

01 – Você anda mais cansado que de costume?
02 – Está menos disposto para o sexo?
03 – Tem se irritado com muita facilidade?
04 – Você perdeu peso?
05 – Você perdeu a alegria de viver?
06 – Você vive triste e desanimado?
07 – Sua ereção está menos consistente?
08 – Tem sido mais difícil manter a ereção durante o ato sexual?
09 – Você adormece depois do jantar?
10 – Sua performance no trabalho deteriorou recentemente?

Resposta positiva nos itens 1 ou 7, ou três respostas positivas nos demais itens, sugere hipogonadismo (embora não obrigatoriamente).

A causa para algumas mudanças físicas e emocionais após os 40 anos pode ser a andropausa. Mas a confirmação do diagnóstico requer a presença de níveis sanguíneos de testosterona abaixo do intervalo normal. Saiba que resultados abaixo de 200 mg/dL são considerados confirmatórios. Mas, há casos de homens com níveis normais apesar de terem sintomas de hipogonadismo (termo médico para um defeito no sistema reprodutor que resulta na diminuição da função das gônadas (ovários ou testículos)). Nessas situações, há necessidade de exames laboratoriais mais detalhados.

Os níveis sanguíneos de testosterona devem ser determinados mensalmente, porque a disfunção sexual costuma ser corrigida assim que eles atingem a metade inferior da faixa da normalidade, mas os efeitos positivos sobre as massas óssea e muscular podem exigir níveis mais elevados para se fazerem sentir.

Nem todos os homens apresentam níveis tão baixos de testosterona que podem causar problemas e, em alguns casos, os sintomas podem ser confundidos e atribuídos ao envelhecimento. Cerca de 20% dos homens entre 50 e 60 anos apresentam a andropausa. Este número aumenta para mais de 80% após os 80 anos. Apesar de às vezes encontrarmos opiniões diferenciadas, é preciso ficar atento e conhecer os tratamentos adequados para passar por essa fase da melhor maneira.

Não há evidência de que níveis baixos de testosterona interfiram com a mortalidade masculina, mas certamente pioram a qualidade de vida.

Possíveis sintomas:

Diminuição da qualidade das ereções – Ejaculação precoce – Perda de memória – Nervosismo – Insônia – Queda da libido (apetite sexual) – Perda de cabelo – Diminuição da massa muscular – Alterações no humor – Doenças cardiovasculares – Osteoporose e o famigerado aumento da gordura abdominal.

Não há maneira de prever quem vai ter sintomas de andropausa que tornem necessários procurar ajuda, nem a idade exata em que os sintomas irão ocorrer.

Alguns exames auxiliam a verificação da andropausa tais como:

1 – Exame de sangue para verificar o índice de testosterona. Ele é o melhor jeito para diagnosticar a andropausa e calcular a dosagem de testosterona no sangue. Isso porque, são os níveis baixos deste hormônio que caracterizam esta fase. Também é importante realizar outros exames para anular possíveis causas de testosterona baixa, como dosagem da prolactina e gonadotrofinas (hormônios que estimulam os testículos) e hormônios relacionados à função da tireoide. A redução progressiva dos níveis de testosterona se inicia em torno dos 30 anos, a uma taxa de diminuição de 1% ao ano. Por isso, é preciso ficar atento ao diagnóstico após os 50 anos.

2 – Espermograma para verificar a produção dos espermatozoides.
3 – Exame de toque (estado da próstata)
4 – Densitometria óssea
5 – Ecografia da próstata e abdômen.

Na alopatia a reposição hormonal somente deve ser feita com um acompanhamento médico e pode ser feita através de comprimidos via oral, adesivos para pele ou injeção intramuscular. Com isso o homem terá um retardo na osteoporose, um melhor desempenho sexual, melhora dos distúrbios neurológicos.

Atenção: A reposição é contra indicada para pacientes portadores ou com suspeita de carcinoma na próstata, câncer de mama, hiperplasia benigna da próstata e problemas hepáticos. Outras condições que contraindicam a reposição hormonal são a apneia do sono, a poliglobulia (excesso de glóbulos vermelhos), a epilepsia e a insuficiência cardíaca descompensada. Estas, entretanto, são contraindicações relativas que, quando tratadas, não impedem a reposição. Os níveis sanguíneos da testosterona devem ser mantidos dentro dos limites da normalidade.

Sociedade Brasileira de Urologia publicou há alguns anos um consenso estabelecendo parâmetros para o diagnóstico e tratamento da deficiência hormonal masculina, que foi denominada, então Distúrbio Androgênico do Envelhecimento Masculino (DAEM). O texto do documento admite que a reposição hormonal masculina ainda está sujeita a controvérsias. Questiona-se desde a real existência do problema e até a necessidade concreta da reposição hormonal. O melhor caminho é ainda a fitoterapia, a trofoterapia e a nosodioterapia, pois são eficientes e seguras. O efeito é ainda melhor quando utilizadas em conjunto.

Falta de Desejo (Libido)

A falta de libido é mais comum nas mulheres do que no homem, porém ocorre com certa frequência e também é queixa comum tanto do próprio homem como da companheira que se sente deixada de lado e não desejada Esse tipo de problema é bem menos comum que a disfunção erétil em si o que se pode observar que homens que têm o desejo normal, mas que não conseguem uma boa ereção.

Algumas causas físicas podem ser citadas: alcoolismo, drogas, obesidade, hiperprolactina (Hiperprolactinemia é o excesso de produção de prolactina (hormônio responsável pela produção do leite)), efeito colateral de medicamentos, baixo índice de testosterona e doenças como diabetes.

No lado psicológico podemos relatar casos associados à depressão, estresse, traumas de infância, homossexualidade latente e até mesmo problemas de relacionamento.

Não há até hoje um medicamento alopata específico para melhora da libido a não ser quando há queda comprovada da testosterona. É importante lembrar que medicações para Disfunção Erétil não melhoram a libido, interferindo apenas na parte de ereção.

Mas afinal o que é libido?

Na visão da Terapia Sexual, libido é uma energia provinda do instinto de vida, que promove o interesse, a preservação, a condução para o desenvolvimento, ou seja, o que proporciona a busca do prazer de realização da construção sadia e positiva para o desenvolvimento do ser humano. Libido é uma energia vital, presente no homem nas suas diferentes fases do desenvolvimento.

Na atualidade é a mola principal que desencadeia o interesse, o desejo, a busca do prazer de preservação da espécie. Fatores orgânicos e medicamentos podem afetar a libido.

A exemplo, as frustrações vividas pelas dificuldades no trabalho ou na vida sentimental ou na realização da vida sexual e mesmo eventos fortes, como perdas, morte, incapacidade podem desencadear uma baixa no desejo, agravando cada vez mais o quadro psicossexual do indivíduo. Drogas, medicações específicas também afetam a libido, trazendo consequências graves no desempenho sexual. Compete investigar e definir o motivo da causa de perda de libido.

Outros Sintomas

Como já dissemos, a andropausa não tem características tão marcantes quanto a menopausa, que é diagnosticada com o fim da menstruação e fortes ondas de calor. Segundo especialistas, os homens também podem sofrer perda de massa muscular com a redução dos níveis de hormônio masculino. Além disso, podem ocorrer anemia e perda de massa óssea, com osteoporose.

Prazer sexual

Especialistas explicam que a disfunção erétil pode ocorrer em alguns casos de andropausa, mas existem inúmeros outras alterações associadas a este sintoma, como problemas vasculares, neurológicos e de outros hormônios, que não a testosterona.

Vale lembrar ainda que não são todos os homens que entram na andropausa e sentem diminuição do prazer, mesmo nessa fase, o prazer continua igual, o que altera é a necessidade de buscar o prazer. As relações sexuais podem ficar mais espaçadas sem que isso possa interferir na vida a dois, a não ser que haja cobrança e desconhecimento sobre o assunto.

Tratamento

O tratamento alopático da andropausa consiste em aplicar testosterona ou medicamentos que aumentem a produção deste hormônio pelos testículos. A testosterona pode ser administrada por via injetável, em gel ou adesivos transdérmico. Todos os homens que apresentem níveis baixos de testosterona e sintomas compatíveis com a andropausa devem ser tratados, exceto se houver contraindicações, como câncer de próstata ou de mama masculina.

Mudanças de hábitos

Como os homens podem sofrer perda de massa muscular e acúmulo de gordura na região abdominal, o ideal é manter a alimentação sempre saudável. A dieta preventiva para a andropausa deve restringir colesterol e açúcar e comer alimentos com maior teor de sais minerais e vitaminas como as hortaliças em geral e as frutas. Segundo os médicos alopatas, não há um alimento específico para ser indicado, mas o excesso de peso pode agravar a deficiência do hormônio masculino. Já o emagrecimento, ajuda a normalizar os níveis de testosterona.

Informações adicionais

Para passar pela andropausa da melhor maneira, é preciso ser paciente e ter uma parceira compreensiva. As mulheres começam a cobrar muito o desempenho masculino, o que faz com que o homem fique emocionalmente afetado e cada vez mais ansioso em relação à sua performance sexual, e infelizmente a cobrança não para por aí, é um número enorme delas que recaem sobre os ombros já fragilizados do marido e entre elas estão as cobranças de resultados financeiros, maior ajuda nas tarefas domésticas, maior controle sobre os filhos… E por aí vai. O cidadão acaba tendo que matar um leão e meio a cada dia.
Por isso, de acordo com a terapeuta sexual, é fundamental conhecer as mudanças físicas e emocionais do envelhecimento masculino e prevenir possíveis disfunções com a ajuda do companheirismo familiar. Apoio certo na hora exata é um dos maiores medicamentos que existe, eleva a moral, a libido e o nível de respeito e felicidade. Há que se apostar nisso.

O casal deve se lembrar que em relação ao relacionamento sexual, o importante é não ter a expectativa de eterna juventude e lembrar que um bom relacionamento se consegue com novidades, individualidade, namoro sem sexo, para a manutenção do erotismo e consequentemente da atividade sexual. A quantidade de relações poderá cair, mas em contrapartida deve aumentar a qualidade e o amor.

Comercializamos produtos para tratamento de algumas das patologias aqui citadas. Você poderá solicitar sugestão de tratamento por e-mail clicando aqui e deixando seu pedido de sugestões para tratar de seus males informando o que sente, sua idade, peso, altura e sexo no campo mensagem.

Poderá encontrar sugestões também digitando o nome de sua doença na busca do site (clique aqui) para encontrar produtos relacionados ao problema.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Publicado em Deixe um comentário

Hortaliças: Batata comum

Indicações Terapêuticas: dores de cabeça evidentemente, é importantíssimo descobrir a causa dessas dores, pois de nada adianta eliminar os efeitos somente, se a causa persiste. Como medida paliativa, porém, pode-se colocar rodelas de batata crua sobre a testa, por exemplo;

É uma hortaliça do tipo tubérculo, pertencente à família solanaceae, a mesma do tomate, berinjela, jiló e pimentão, sendo a 3ª fonte de alimento para a humanidade, superada apenas pelo arroz e o trigo.

Variedades: são inúmeras, sendo que no brasil, são mais de 100 tipos e, no mundo, mais de 600.
Composição: em 100g, encontramos: – proteínas: 1,80g; – fósforo: 69 mg; – cálcio: 9 mg; – ferro: 1 mg; – sódio: 47,4 mg; – potássio: 394,4 mg; – fibras: 10,9 g; – contém ainda: – carboidratos; – amido; – vitaminas do grupo b; – vitamina c; – ácido fólico; – enxofre; – magnésio; – zinco.
Obs.: alguns desses nutrientes se perdem durante o cozimento; lembre-se de que a casca da batata é comestível e quando o cozimento é feito com a casca, a perda de nutrientes é menor.
Valor calórico → cozida = 75 calorias; frita = 275

INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS

  • Dores de cabeça → evidentemente, é importantíssimo descobrir a causa dessas dores, pois de nada adianta eliminar os efeitos somente, se a causa persiste. Como medida paliativa, porém, pode-se colocar rodelas de batata crua sobre a testa, por exemplo;
  • Irritações da pele, picadas de insetos → usar batata crua ralada sobre o local atingido;
  • Irritações do estômago e dos intestinos → tomar suco de batata crua, em jejum, eventualmente, ajuda a combater esses males;
  • Câimbras das gestantes → comer batatas cozidas, ajuda a eliminar esse mal-estar, devido ao potássio contido nelas;
  • Olheiras →colocar rodelas de batata crua em cima das pálpebras, durante, pelo menos, 15 minutos;
  • Doenças renais → algumas dessas doenças podem ser aliviadas, através da ingestão de batatas, graças ao alto teor de potássio que possuem – além do efeito diurético, mantém equilibrado o ph do organismo (potencial hidrogeniônico: regula o binômio ácido/base, do corpo)

ALGUMAS INFORMAÇÕES GERAIS

Evite comprar

• Batatas que têm brotos e/ou têm cor esverdeada, porque já estão velhas, perderam o sabor e podem provocar intoxicação, devido à presença de uma substância venenosa chamada solanina, que causa cólicas, gastrite, etc.
• Que estejam expostas ao sol, porque ficam com o sabor alterado, bastante amargo;
• Se for preparar com a casca, prefira as batatas menores;
• Se a casca for amarelo-claro, significa que tem muita água, ideal para ser cozida;
• Se for bem amarela, a batata tem pouca água, sendo melhor para fritar.

Proporção → um quilo de batata rende, aproximadamente:

• Em forma de purê = 2 quilos;
• Cozida = 1 quilo e 100 gramas;
• Assada = 750 gramas;
• Frita = 400 gramas

Modo de preparar: o melhor é sempre cozinhá-las no vapor, como qualquer outra verdura, ou tubérculos.

• Em qualquer tipo de preparo, para evitar que as batatas escureçam, depois de cortadas, é conveniente deixá-las dentro de uma vasilha com água, até o momento de usar;
• Ao passar por um espremedor, as cascas das batatas cozidas, ficarão aderidas ao aparelho, não precisando, portanto, serem descascadas antes – economiza-se tempo e as cascas desprendem-se mais uniformemente;
• Se um determinado prato (sopas, por exemplo) ficar salgado demais, convém cortar algumas batatas cruas e acrescentar ao preparo, pois elas absorvem o excesso durante o cozimento;
• Se descascou batatas além do que calculou, basta colocá-las numa vasilha com água e acrescentar algumas gotas de vinagre. Essa providência conservará as batatas durante cerca de 4 (quatro) dias;
• Para conservar a cor original das batatas, depois de descascadas, convém cobrir com uma camada de farinha de trigo;
Se quiser aumentar o valor nutritivo das batatas, basta combiná-las com diversos alimentos.
Exemplos:
• Como é pobre em fósforo, uma boa medida é prepará-las com ovos;
• Misturar as batatas com azeite ou manteiga, melhora a quantidade de vitamina a e de gorduras;
• Batatas murchas e moles são recuperadas, quando colocadas numa vasilha com água gelada, durante cerca de 30 minutos.

MODO DE GUARDAR
• Colocar as batatas em lugar arejado, seco, para evitar que criem brotos;
• Evitar a luz solar direta ou local muito quente, para que não fiquem com sabor amargo e/ou com cor esverdeada;
• Não guarde na geladeira, porque a baixa temperatura deixará as batatas com sabor adocicado, devido à transformação do amido em açúcar;
• O ideal é acondicionar as batatas em recipientes que permitam o livre arejamento e também não fiquem amontoadas, confinadas em caixas e caixotes, por exemplo, o que as leva a um envelhecimento precoce.

BATATAS FRITAS
• Cortar as batatas e colocar durante meia hora no congelador – ficam mais secas e macias depois de fritas;
• Para salgá-las uniformemente, coloque as batatas num saco de papel com um pouco de sal; em seguida, agite bastante durante segundos – isso fará que com que fiquem mais secas e já ficam temperadas;
• Transforme as cascas em aperitivo: é só lavá-las bastante, depois enxugue e frite em óleo bem quente, temperando-as com um pouco de sal;
• Para que a batata não escureça ao ser fritada e fique com sabor adocicado, não a coloque na geladeira, após cortar;
• Uma maneira prática para evitar que as batatas não fiquem encharcadas e colocar 1 cebola média, cortada em fatias, numa salmoura, deixando-as de molho – depois essa cebola poderá ser aproveitada para outros pratos;
• Para que não fiquem murchas, depois de escorridas num papel absorvente, coloque numa panela, cobrindo com papel impermeável – mantenha a panela fechada e só retire o papel quando for servir;
• Se optar por fazer bolinhos fritos com batatas, convém passar primeiro em clara de ovos batida, evitando assim que desmanchem durante o processo de fritura.

BATATAS ASSADAS COM A CASCA (OU PELE)
• Para que fiquem com a casca intacta, mais saborosa e macia, unte as cascas com um pouco de manteiga ou azeite;
• Se quiser preparar as batatas para assar mais tarde, cozinhe-as em água temperada com sal, por cerca de 10 minutos – quando for usar, coloque-as no forno bem quente;
• Se quiser um sabor diferente, passe casca de limão nas batatas;
• Faça furos na casca com um garfo, para ficarem assadas mais uniforme e rapidamente, evitando também que estourem;
• Para assar mais rápido, é bom colocá-las em água fervente e um pouco de sal, durante cerca de 10 minutos, antes de levar para o forno, deixando lá por, aproximadamente, uma hora, mas se foram cozinhadas antes, reduza o tempo à metade;

BATATAS COZIDAS COM A CASCA
Como a maioria dos nutrientes está junto à casca, é conveniente cozinhar as batatas sem descascá-las, conservando assim também o sabor.
• Lave bem em água corrente, podendo usar uma pequena escova, para retirar a terra e demais detritos que ainda estejam presentes;
• Em seguida, coloque as batatas numa panela com água suficiente para cobri-las e um pouco de sal – cuidado, pois há uma grande absorção pela batata;
• Nessa água em que vai cozinhar as batatas, adicione algumas gotas de limão, evitando assim que escureçam;
• Leve ao fogo e, quando a água estiver fervendo, junte as batatas inteiras, tampe a panela e deixe no fogo por 25 a 35 minutos – se usar panela de pressão, diminua o tempo para 10 a 15 minutos;
• Teste o ponto de cozimento espetando um garfo ou uma agulha em várias batatas. Se elas estiverem macias, é a prova de que já estão no ponto certo;
• Retire do fogo e escorra logo, a fim de eliminar imediatamente a água, caso contrário, a batata continuará a absorvê-la.
• Deixe esfriar apenas um pouco, depois retire a casca. Puxando com os dedos, tomando cuidado para não se queimar;
• se preferir descascá-las frias, mergulhe as batatas numa vasilha com água.

BATATAS COZIDAS SEM A CASCA
Usadas em determinados pratos, ensopados, por exemplo.
• Descascar de maneira bem fina, usando uma faca de aço inox;
• Siga as mesmas instruções usadas nas batatas cozidas com casca, mas diminua a quantidade de sal.
• Se for o caso, corte a batata em pedaços grandes, mas cuidado com o ponto de cozimento, não esquecendo de que a batata está sem a casca e foi cortada, portanto, cozinha mais rápido e pode esfarelar ou desmanchar porque levou muito tempo cozinhando.
• Mantenha a panela tampada para melhor aproveitamento do calor, o que economiza também o combustível usado, além do tempo de cozimento.
• É comum a panela de alumínio ficar escura, enquanto se cozinha a batata, mas, para que tal não ocorra, uma boa dica é juntar folhas de couve para esse cozimento;
• Um pouco de óleo na água, evita que as batatas desmanchem e/ou fiquem aderidas ao fundo da panela;
• se quiser que as batatas fiquem mais claras, junte uma colher das de chá de limão à água usada para o cozimento;
• Quando cozinhar uma boa quantidade para ser usada nos dias seguintes, é bom acrescentar uma cebola média, para evitar que as batatas escureçam.

BATATAS COZIDAS NO VAPOR
• Considerada a melhor maneira de conservar os nutrientes em geral, especialmente, algumas hortaliças.
• Não descasque as batatas, lave-as como já foi recomendado – em água corrente e usando uma pequena escova para remoção dos detritos;
• Use uma panela funda, colocando dentro dela um escorredor ou uma peneira;
• Encha a panela com água e leve-a ao fogo;
• Quando a água começar a ferver, coloque as batatas dentro do escorredor ou peneira;
• Em seguida, tampe a panela, o que levará à formação do vapor;
• Deixe cozinhando durante cerca de 45 minutos, sempre observando a quantidade proporcional de batatas e o tamanho da panela;
• Faça o citado teste do ponto de cozimento, espetando as batatas com um garfo – se estiverem macias, estão cozidas.

EM FORMA DE PURÊ
Muito indicada para pessoas de mais idade e/ou com dificuldade de mastigação
• A água usada no cozimento das batatas, concentra os seus nutrientes;
• Junte leite em pó e manteiga para fazer um bom purê;
• Para ficar mais saboroso ainda, bata clara de ovo e acrescente à mistura citada;
• Se verificar que o purê ficou mais salgado do que deveria, acrescente um pouco de açúcar, misturando bem;
• Para incrementar mais o sabor, tempere com uma pequena porção de alecrim ou outro condimento similar;
• Pode também juntar meia xícara de queijo ralado ao purê ainda quente, misturando bem até verificar que o queijo derreteu todo;
• Quando as batatas ficam cozidas demais e o purê se torna aguado, misture uma pequena porção de leite em pó e ele ficará no ponto certo;
• Se precisar requentar o purê, ponha-o em banho-maria durante cerca de 20 minutos; após esse tempo, misture-o bem e voltará a ficar macio, como se estivesse fresco.

SALADA
Convém cozinhar as batatas com a casca, como já foi recomendado, descascando-as enquanto estiverem mornas; para incrementar o sabor, o tratamento é despejar uma colher das de sopa de leite fervido sobre as batatas que irão para a salada; temperar as batatas enquanto estiverem ainda quentes, melhora o resultado final.

BATATAS CONGELADAS
Após serem cozinhadas, devem ser amassadas como se fora purê. Em seguida, embrulhe num plástico apropriado e leve ao congelador.
• Outra forma: lavar bastante as batatas, descascar e picar em cubos. Após isso, coloque em água fervente, durante cerca de 5 (cinco) minutos, resfriando-as logo em seguida, numa vasilha com água e gelo; logo que escorrer a água, coloque os cubos de batata num plástico e leve ao congelador.

AS MUITAS UTILIDADES DA BATATA
Limpeza de talheres de prata:
usar a água onde foram cozidas as batatas, mergulhando os talheres nessa água, durante algumas horas e, em seguida, passe por água corrente, recuperando assim o brilho natural;
• Limpar objetos de couro: esfregar batata em objetos de couro marrom em geral, ajuda a mantê-los limpos;
• Eliminar baratas: torrar cascas de batata e espalhar em ralos, bueiros e outros locais onde elas costumam ficar;
• Fabricação artesanal de carimbos: as crianças podem se divertir bastante, aproveitando batatas para fabricação de carimbos artesanais. Corta-se uma batata de tamanho médio no meio e basta esculpir uma figura nela, com uma faca ou outro instrumento que se preste a essa prática e logo estará pronto um carimbo. Em seguida, passa-se tinta, do tipo guache, e comprime-se sobre um papel ou um tecido, neste acaso, usando tinta apropriada
• Limpeza de telas pintadas a óleo: corta-se uma batata de tamanho médio ao meio, passando-se suavemente sobre a tela, removendo assim a sujeira acumulada, principalmente, poeira – conforme a batata ficar saturada de sujeira, substitui-se por outro pedaço.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Publicado em Deixe um comentário

Dicas de Tudo: Lábios Ressecados e Peles Soltas

Lábios Ressecados e Peles Soltas são inconvenientes que aparecem normalmente em tempo de inverno ou ventos frios. Dificulta na hora de usar batom e ainda gera o vício de ficar tentando retirar as peles, o que nem sempre é possível e acaba ferindo os lábios.

O que fazer?:

Acabe com o ressecamento dos lábios e elimine as peles soltas passando neles uma escova de dentes macia molhada em um creme hidratante.

Massageie delicadamente os lábios e a seguir enxágüe com água fria e aplique um batom hidratante ou manteiga de cacau.

Já na primeira aplicação você sentira a diferença, ínsita nisso ate sumir por completo. Mas e sempre bom ver se não há alguma disfunção orgânica que esteja provocando estes sintomas.

E não se esqueça de beber bastante água. Sabe da regra não é? Água para dentro, problemas para fora…

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Publicado em Deixe um comentário

Dengue: Ajude a combater a dengue. Vamos divulgar! Não custa tentar !

Não forneça sangue para o Aedes egypti! Distribua esta receita para seus parentes, amigos (e inimigos) para seus empregados, e colaboradores, principalmente os que vivem em sítios, praias e mesmo em prédios, nas cidades. Não deixe ninguém de fora. A comunidade toda precisa usar, como num mutirão. O repelente evita que o mosquito sugue o sangue, assim, ele não consegue maturar os ovos e atrapalha a postura, vai diminuindo a proliferação. É fácil de fazer, econômico e o melhor: Funciona.

Receita contra o mosquito da dengue também conhecido como repelente dos pescadores:

Ingredientes:

– 1/2 litro de álcool;
– 1 pacote de cravo da Índia (10 gr);
– 1 vidro de óleo de nenê (100ml)

Modo de Fazer:

1 – Deixe o cravo curtindo no álcool por 4 dias agitando, pela manhã e à tarde;
2 – Depois coloque o óleo.
3 – Agite e estará pronto para usar.

Modo de Usar:

Passe só uma gota nos braços e pernas de bebês, crianças e adultos. O mosquito não chega perto, fugirá do cheiro cômodo do cravo.

Obs.: O cravo também espanta formigas da cozinha e dos eletrônicos, espanta as pulgas dos animais, basta banhá-los uma vez por semana.

A Loja do Chá de Aracaju agradece a Marli Faloppa e a nosso amigo Fernnando Almeida pelo repasse desta dica valiosa.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Publicado em Deixe um comentário

Pronto Socorro nas Mãos

Nada melhor que um exercício simples para nos ajudar a melhorar nosso estado geral. Você gastará um tempo que não fará falta no seu dia. Aproveite quando estiver sentada no banco do carona, ou quando estiver assistindo TV, deitada antes de levantar ou de dormir… Use estes minutos em benefício de sua saúde.

Envolva, suavemente, com uma mão, o dedo correspondente da mão oposta, por alguns minutos.

Dedo Polegar Dedo Polegar:
Melhora a digestão de alimentos, ideias, pensamentos e emoções; ajuda a dormir melhor e nos torna receptivos ao toque e carinho.
Preocupações e ‘ruminações mentais' desaparecem.
Ajuda estômago, baço e pâncreas.
Bloqueia uma dor de cabeça que está começando.
Dedo Indicador Dedo indicador:
Traz coragem, fortalece o desejo de viver, harmoniza a circulação dos fluidos corporais e o sistema muscular.
Dissolve o medo e as inseguranças.
Ajuda rim e bexiga.
Evita uma dor nas costas que está iniciando.
Dedo Médio

Dedo médio:
Expande o sentimento de compaixão, a lucidez mental, a criatividade;
regula a harmonia interior do corpo.
Elimina a raiva, frustrações e irritabilidade.
Ajuda fígado e vesícula biliar.
Melhora a visão e revitaliza a fadiga geral.

Dedo Anelar Dedo anular:
Promove a alegria, a esperança, o soltar do passado e o se abrir ao novo; dá vitalidade e energia ao corpo.
Afasta a tristeza, negatividade e o pesar.
Ajuda os pulmões e o intestino grosso.
Harmoniza a respiração e desconforto no ouvido.
Dedo Mínimo

Dedo mínimo:
Conecta com a intuição, aumenta a autoestima, harmoniza o sistema esquelético.
Termina com pretensão, julgamentos, comparações e esforço.
Ajuda coração e intestino delgado.
Evita uma dor de garganta que está iniciando.

Palma da Mão Centro da palma da mão:
Traz sensação de paz profunda e de unidade com o universo.
Dissolve o desânimo.
Ajuda diafragma e fluxo do umbigo.
Harmoniza corpo, mente e espírito mutuamente e com o universo.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Publicado em Deixe um comentário

Suco de Abacaxi Para Prisão de Ventre

A prisão de ventre tem feito muita gente sofrer, o pior é que muitas vezes a pessoa paga com as fezes endurecidas há possibilidade de vir a sofrer também com as hemorróidas. É preciso escolher bem os alimentos que favoreçam o estar saudável do seu intestino. Esta é uma receita de suco de abacaxi muito útil para resolver problemas de constipação e intestino preso.

Ingredientes:

2 fatias grossas de abacaxi
1/2 litro de água
Açúcar a gosto
Bastante gelo

Modo de Preparo

O primeiro passo para preparar o suco de abacaxi é batê-lo no liquidificador e, em seguida, coá-lo. Feito isso, acrescente o açúcar e o gelo (caso prefira, utilize água gelada) e bata novamente.

Esta receita rende dois copos de suco.

Posologia

Tome um copo de suco uma hora antes do almoço e uma hora antes do jantar.

Obs.: Ao comprar o abacaxi, observe bem a parte de baixo. Cheire-a e se tiver um cheiro adocicado, a fruta estará madura.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Publicado em Deixe um comentário

Cabelos: Tingindo de forma natural

Não agredir os cabelos e ter uma real mudança de cor parece impossível, mas não é. Não é só cascas de cebola que mudam a cor de seus cabelos, há várias ervas para isso. Ter o cabelo bonito e tarefa de todos os dias, e justamente por isso vou lhe passar algumas dicas para que você saiba como tingir o cabelo de forma natural. Estas dicas não irão mudar a cor do seu cabelo completamente, mas sim irão lhe dar algumas mechas loiras ou também, você poderá escurecer os fios brancos. Veja como tingir o cabelo de forma natural e em casa.

Tratamento para clarear o cabelo

Ingredientes:

02 colheres de suco de limão fresco
01 colher de vinagre de maçã
300 ml de água fria

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes e aplique-os diretamente sobre o seu cabelo, fazendo massagens no couro cabeludo. Deixe durante alguns minutos e depois lave até tirar por completo o cheiro a limão. Faça este sugestão a cada 2 dias. Com a exposição ao sol ou o secado artificial suas mechas loiras irão aparecer.

Tratamento para cabelos escuros

Ingredientes secos:

04 colheres de sálvia.
02 colheres de alecrim.
01 colher de sopa de chá preto.
400 ml de água fervente
01 colher de vinagre de maçã.

Modo de preparo:

Coloque todos os ingredientes menos o vinagre numa tigela e deixe pousar durante 30 minutos. Depois peneire o conteúdo, passando-o para uma outra tigela e adicione o vinagre. Coloque esta mistura no cabelo e deixe durante 10 minutos. Enxague bem e deixe secar. O importante desta receita é fazê-la a cada 2 ou 3 dias para que os cabelos brancos não fiquem aparecendo.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Publicado em Deixe um comentário

Alergia: acabe com ela!

Você sabia que algumas crianças, ao brincarem de pular na cama, podem espirrar e tossir sem parar e chegam até a ter falta de ar, precisando de cuidados médicos, muitas vezes no pronto-socorro? Não é exagero! É alergia.O que é alergia?

Alergia é uma reação do sistema imunológico (que faz a defesa do corpo) contra uma substância que normalmente é inofensiva para as pessoas que não são alérgicas. Essa substância é chamada alérgeno.Quem se torna alérgico?

Embora qualquer pessoa possa desenvolver um quadro alérgico, a probabilidade aumenta se um ou ambos os pais apresentarem algum tipo de alergia. Se tanto sua mãe quanto seu pai forem alérgicos, você terá 80% a 90% de chance de também ter alergia.A alergia é freqüente?

Sim. Aproximadamente 20% da população mundial sofrem de alguma alergia, ou seja, em cada grupo de dez pessoas, duas serão alérgicas.Quais são os tipos de alergia?

As doenças alérgicas mais freqüentes são: a asma, a rinite, as doenças alérgicas de pele, a conjuntivite, as alergias a alimentos e a picadas de insetos.Como a pessoa desenvolve a alergia?

Para desenvolver alergia é necessário ter contato com o alérgeno. Ele é uma substância estranha ao organismo e provoca uma reação do sistema imunológico, que é nosso sistema de defesa, como já foi falado. Normalmente, o sistema de defesa deveria agir apenas contra substâncias nocivas à nossa saúde, como as bactérias e os vírus, por exemplo. Porém, na pessoa alérgica, o sistema imunológico vai reconhecer substâncias inofensivas como se fossem perigosas para o corpo e acaba reagindo contra elas. Esta é a reação alérgica.Quais são os alérgenos mais freqüentes?

Os principais alérgenos aqui no Brasil são a poeira doméstica e os ácaros da poeira.
Nos países de clima temperado, como é o caso dos Estados Unidos, um alérgeno muito importante é o pólen das árvores, havendo grande piora dos sintomas alérgicos na época de polinização. No Brasil, o pólen só é importante nos estados da região sul.
Outros alérgenos importantes são: o mofo, os pêlos de animais, principalmente cão e gato e os alimentos, principalmente leite de vaca, amendoim, ovos e peixes.O que são ácaros?

Ácaros são bichinhos microscópicos, parentes distantes das aranhas, que são encontrados nas casas. Eles vivem nos colchões, travesseiros, carpetes, tapetes, cobertores, almofadas e sofás de tecidos. Eles se desenvolvem muito bem em ambientes úmidos e seu alimento favorito é a descamação da pele humana. Os ácaros eliminam as chamadas bolotas fecais (cerca de 20 por dia) e são estas partículas que provocam a reação alérgica. Essas partículas continuam causando os sintomas alérgicos mesmo que o ácaro que as produziu já tenha morrido. A fêmea do ácaro pode colocar até 25 a 50 ovos, sendo uma nova geração produzida a cada 3 semanas. Em um colchão com aproximadamente 2 anos de uso, pode-se encontrar de 100.000 a 10 milhões de ácaros em seu interior.O que fazer para eliminarmos os ácaros de casa?

É praticamente impossível eliminarmos por completo os ácaros de uma casa, mas podemos diminuir bastante o seu número se tivermos alguns cuidados, como:

  • Eliminar os depósitos de ácaros do quarto, como carpetes, tapetes, almofadas e cortinas;
  • Encapar o colchão e o travesseiro com capas próprias para diminuir o contato com os ácaros na hora de dormir;
  • Usar um edredom ao invés do cobertor;
  • Guardar os bichinhos de pelúcia e, se você dorme com um deles, deve mantê-lo limpinho sempre;
  • O quarto da criança alérgica deve ser o mais "pelado" possível, assim não acumula pó e fica bem mais fácil de limpar.

Na A Loja do Chá de Aracaju você encontra:

Asmasin – Contra asma
Riniad – Rinite adulto
Rininf – Rinite infantil
Alergin – Contra alergias Uso Interno
Micopel – Contra alergias da pele
Conjuntivin – Contra conjuntivite
Pickinset – Contra picadas de insetos.

Lembre-se de visitar: www.alojadochadearacaju.com.br para que encontre o fitoterápico perfeitamente indicado para sua necessidade

Fonte:
– Dra.Ivani Mancini, pediatra

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Publicado em Deixe um comentário

O poder da gratidão

Este texto é de André Lima – www.eftbr.com.br recebi dele e resolvi postá-lo, pelas inúmeras verdades que contém. Fiz o curso de EFT – Emotional Freedom Techniques (Técnica de Libertação Emocional) – também pode ser chamada de “Acupuntura Emocional sem Agulhas”. A técnica se baseia em descobertas realizadas pelo Dr. Roger Callahan, PhD, psicólogo norte americano que também é estudioso de acupuntura e cinesiologia aplicada. Tenho utilizado EFT em meus clientes quando necessário e venho observando a extrema eficácia dele. Mas vamos ao texto de André Lima e se puder ajude na divulgação:
"Observamos no dia-a-dia, em nós mesmos e em outras pessoas, uma tendência em enxergar e valorizar as coisas negativas e deixar de lado as coisas boas que acontecem. Conheço uma pessoa que passou o final de semana em um hotel maravilhoso, estava tudo ótimo, mas… tinha um garçom que não era simpático e houve um serviço que não foi prestado satisfatoriamente. O resultado é que essa pessoa falava mais desses pequenos detalhes que não foram bem, do que dos 95% que foram uma maravilha. Ou seja, 80% da conversa eram sobre 5% dos fatores que foram negativos.
Tive uma cliente que estava em busca de um emprego para ter a sua independência financeira com relação ao marido. Ela se sentia infeliz e reclamava do quanto era difícil arranjar um trabalho. Finalmente conseguiu ser concuidada. Mas quando recebeu seu primeiro pagamento começou a se queixar que o salário era baixo, que as colegas faziam fofoca etc. Não é estranho? Ao invés de se sentir feliz por que recebeu o primeiro salário (antes não ganhava nada), ficou triste por que era pouco.
Lembro-me que eu tinha um padrão parecido com esse quando ainda tinha uma firma de engenharia. Naquela época minha vida financeira era terrível. Eu ficava desesperado querendo receber o pagamento dos clientes, porém, quando eu recebia ficava mal, pois já sentia que o pagamento não daria para fazer nada. Como não dava para pagar tudo que eu devia, era um tormento escolher quais contas seriam pagas e quais seriam adiadas e negociadas.
O padrão se manifestou de forma semelhante quando deixei a firma e me tornei terapeuta. No começo, como seria de esperar, eu tinha poucos clientes. E sempre que eu recebia um pagamento de algum atendimento que eu fazia, ao invés de ficar feliz, eu acabava ficando triste por que sabia que aquele valor não daria para ter a vida que eu queria.
Quando nos sentimos insatisfeitos com o que recebemos ou com o que já temos, as consequências negativas são muito óbvias. Deixamos de crescer, pois o desânimo tomará conta de nós, influenciando nossas ações e a tendência é que nós fiquemos estagnados. Pior ainda, se a insatisfação for muito grande chegaremos até a perder o que temos. Eu lembro o quanto esse padrão me deixava abatido nos tempos da engenharia e, certamente, me levou a criar mais problemas financeiros.
Já alguém que constantemente vê o lado o bom e se sente agradecido pelo que recebe, sente ânimo, o que vai influenciar suas ações de forma positiva, levando essa pessoa a progredir.
Observe como funciona o mecanismo da gratidão. Há uns dias atrás, levei uns abacates do quintal da minha casa para uma amiga. Ela ficou bem feliz e agradecida com este pequeno presente. Em outro momento, falando comigo ao telefone, comentou que os abacates estavam deliciosos, que todos em casa gostaram e mais uma vez agradeceu. Como ia encontrá-la novamente, imediatamente me lembrei de levar mais abacates para ela. E dessa vez foi uma sacola maior. Dá uma satisfação em dar algo para alguém que se sente grato. O fato de ela ter expressado a gratidão fez com que ela recebesse mais.
Imagine se a reação dela tivesse sido assim: “eu não gosto muito de abacate. Esses abacates são pequenos. Abacate engorda.” O que eu teria feito? Certamente não levaria mais nenhum para ela. E se ela apenas tivesse dito um “obrigado”, meio sem graça? Provavelmente eu não me lembraria de levar mais pra ela também.
Quando estou sem poder agendar novos clientes, eu costumo indicá-los para terapeutas que já foram meus alunos e que eu sei que fazem um bom trabalho com a EFT. Sabe quais são os terapeutas que eu mais me lembro para indicar? Aqueles que sempre agradecem e me mandam e-mails informando que atenderam o cliente indicado e contando o resultado que deu. Os que não agradecem, eu simplesmente acabo me esquecendo deles. É algo que ocorre naturalmente.
O mesmo acontece na relação entre você e o universo. Quando você se sente grato pelo que tem e pelas coisas que recebe, a tendência é que você receba mais e que haja uma expansão. Mas quando você reclama para a vida da sua casa, do emprego, do salário, ou seja lá o que for, a tendência é que você fique estagnado naquilo ou que até perca o que tem. O universo fica satisfeito em dar mais quando você agradece, assim como você ficaria se recebesse o agradecimento sincero de alguém.
Quando somos bebês, a nossa única forma de pedir é mostrando a nossa insatisfação. O bebê chora, ou seja, reclama que algo está incomodando e a mãe tem que dar um jeito de descobrir o que ele quer e satisfazer suas necessidades. Só que depois nós crescemos, mas acabamos por ficar presos, inconscientemente, a essa forma infantil de pedir através da reclamação.
Uma crença sabotadora é a de que se eu agradecer pelo que tenho, é como se estivesse me conformando com aquilo e, dessa forma, não vou ter nada melhor. Essa é uma visão infantil. É o bebê que chora até conseguir o que quer. O que essa crença pressupõe é que se eu reclamar bastante do que eu tenho, vou ganhar algo melhor; o que não faz o menor sentido.
Você pode se sentir grato pelo que tem e, ainda assim, pode desejar e sentir que merece algo melhor. Não há qualquer incompatibilidade. Sentir gratidão pelo que se tem neste momento vai abrir os caminhos para que você tenha coisas melhores, cada vez mais.
No trabalho com a EFT podemos limpar os sentimentos negativos que nos levam a reclamar das coisas que estão insatisfatórias na nossa vida. Isso traz aceitação e, muitas vezes, faz brotar o sentimento de gratidão. Esse é um passo importantíssimo para que a mudança de vida que a pessoa deseja venha a ocorrer. O primeiro passo é listar as coisas que estão deixando você insatisfeito, bem como as razões dessa insatisfação. Depois, é só aplicar EFT para dissolver todos os sentimentos ruins que brotaram, até eliminar completamente a sensação e se sentir em paz com aquilo."
Nota: Você entenderá melhor esse texto se já tiver lido o manual da EFT. Para receber o manual criado por mim acesse (Sem custos. Assim você poderá aprender o básico e começar a se beneficiar da técnica. Veja o artigo logo a seguir):
http://www.eftbr.com.br/manual-gratuito.asp
***********************************************

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Publicado em 4 comentários

Nosodioterapia – Atendimento Gratuito

Nosodioterapia

É o tratamento feito com Nosódios Vibracionais do IRC – Instituto Roberto Costa por todo Nosodioterapeuta credenciado pelo Instituto. O atendimento é totalmente gratuito, o custo será apenas com a aquisição dos nosódios e do valor frete determinado no site dos Correios. Veja abaixo mais informações.

Vários nosódios

Em busca de um perfeito tratamento, utilizamos os seguintes Nosódios:

– Constitucionais

– Nosódios Organoterápicos

– Nosódios Drenadores

– Boticas de Nosódios

– Nosódios Cosméticos

– Nosódios Isoterápicos

Nosódios Vibracionais

Nosódio Vibracional é um produto natural a base d’água. Os Nosódios Vibracionais não oferecem riscos de danos ao organismo ou efeitos indesejáveis. Sua ação não é química, mas física trabalhando com transferência de frequência. Os Nosódios Vibracionais obedecem aos princípios da Bioressonância usando a água como veículo terapêutico. Veja abaixo a relação completa dos tipos de Nosódios com os quais trabalhamos, todos produzidos pelo IRC – Instituto Roberto Costa – Laboratório Acquanosódio, sob a direção do Dr. Carlos Lyrio.

Orientação Importante: Não cobramos consulta em Nosodioterapia, não há porque você querer se automedicar não é? Mas… Como sempre tem aqueles que querem, colocamos mais abaixo apenas a relação completa dos Nosódios Organoterápicos, sabendo que além deles, ainda tem os:

Constitucionais: Equilibram a flora intestinal potencializando o Sistema Imunológico do paciente. Existe para cada biotipo de pessoa um Nosódio Constitucional específico. Para determinar o seu, preciso de sua idade, peso, e altura. Chamamos os Constitucionais de Bach Nº 01 ao Bach Nº 10.

– Nosódios Drenadores: Utilizados em conjunto com os Nosódios Organoterápicos para drenar os sintomas das doenças. Será determinado por nós o Nosódio Drenador que você necessita e também explicada o Modo de Usar.

– As Boticas de Nosódios – Cada uma delas compostas por 03 categorias de Nosódios. Trata alcoolismo, tabagismo, obesidade etc. Será explicada por nós a toma de qualquer uma das Boticas de Nosódios que você necessitar.

– Nosódios Cosméticos – Completam externamente várias sugestões feitos com os Nosódios Organoterápicos, de acordo com a sua patologia indicaremos, se necessário, o Nosódio Cosmético correspondente.

– Nosódios Isoterápicos – São especiais para serem utilizados em casos de dengue, gripe, molusco, piolho e verminose. Eles complementam o tratamento feito com alguns Nosódios Organoterápicos. De acordo com a sua necessidade indicaremos o Nosódio Isoterápico correspondente à sua necessidade.

Nosodioterapia Vibracional é uma terapêutica nova para muitos. Como Nosodioterapeuta atuante, estou dando uma pincelada sobre o que são os Nosódios, sua origem, sua ação no organismo, etc.
Nosódio só é vendido pelo Instituto Roberto Costa a Nosodioterapeuta, como no nosso caso, que podemos determinar pela consulta, qual ou quais são os mais indicados para cada caso e a forma correta de administrá-los.

Como adquirir Nosódios:

1 – Se você já fez uma consulta com Nosodioterapeuta e já sabe quais são os Nosódio Vibracionais e o Constitucional de Bach que necessita, como tomar de forma correta e quantos frascos de cada serão necessários, basta usar a busca do site digitando o nome do nosódio que quer comprar, assim que aparecer a página com o resultado da busca, clique no nome do produto para acessar a página de compra.
Importante: Caso queira comprar mais de um produto, estando no carrinho de compras, basta clicar em continuar comprando para buscar outros produtos que queira comprar.

2 – Se você não fez consulta com Nosodioterapeuta:
Clique aqui e informe seu nome, e-mail, telefone, assunto (digite “nosódios”) e na mensagem especifique qual seu(s) problema(s) de saúde, idade, peso, altura e sexo.

ATENÇÃO! A entrega da encomenda de Nosódios pode levar até 30 dias para chegar a suas mãos pelo PAC e até 20 dias para chegar pelos SEDEX.

CONSULTA GRATUITA PARA USO APENAS DE NOSÓDIOS!

Não cobramos consulta em Nosodioterapia, apenas o frete e o valor dos Nosódios.

Relação completa de Nosódios Organoterápicos

NOSÓDIO ORGANOTERÁPICO – Auxilia o organismo levando a vibração da saúde aos tecidos e órgão lesados. Existe um Nosódios específico para cada tecido/órgão/secreção do organismo. Por exemplo, o Nosódio Pâncreas, é utilizado para alguns tipos de Diabetes, o Nosódio Ósseo, é utilizado para problemas ósseos, etc. Veja mais, lembrando-se de que um bom sugestão usa mais de um tipo dos Nosódios do Instituto Roberto Costa.

Nosódio Adenóide: É utilizado para cuidar o aumento das adenóides

Nosódio Amígdala: É utilizado para cuidar o aumento das amígdalas, inflamações e infecções e demais doenças delas.

Nosódio Artéria: É utilizado nos casos de aterosclerose, trombose, embolismo, arterites e demais doenças arteriais.

Nosódio Articulação: É utilizado nos casos de degeneração articular, dores articulares, artroses, artrites, traumas articulares e demais doenças das articulações.

Nosódio Auto Hemoterápico: É utilizado nos casos de câncer e doenças gravemente debilitantes. É preparado a partir de uma gota do sangue da própria pessoa.

Nosódio Auto Nosódio: É utilizado nos casos de doenças que têm eliminação (psoríase, úlcera de perna, fístula, secreções, etc.). É preparado com material da própria pessoa.

Nosódio Baço: É utilizado nos casos de aumento ou atrofia do baço, por qualquer motivo e doença do baço em geral.

Nosódio Bexiga: É utilizado nos casos de incontinência urinária e doenças da bexiga em geral.

Nosódio Cerebral: É utilizado nos casos de isquemia, demência, ansiedade, depressão, trombose, distúrbios do sono, epilepsia, Alzheimer, aneurisma, hemorragias, enxaquecas e demais doenças do sistema neuro vegetativo.

Nosódio Ciático: É utilizado nos casos de dores ciáticas.

Nosódio Colágeno: É utilizado nos casos de lúpus, Peyronie e demais doenças do colágeno.

Nosódio Colesterol: É utilizado nos casos de aumento do colesterol.

Nosódio Cólon: Utilizado em casos de constipação, divertículo, doença inflamatória intestinal, pólipos, hemorragias, hemorróidas e outras doenças do cólon.

Nosódio Coluna: É utilizado nos casos de dor nas costas (lombalgias, cervicalgias), hérnia, protusão de disco, problemas de postura e demais problemas da coluna.

Nosódio Coração: É utilizado nos casos de hipertensão artéria, isquemia, doenças das válvulas e demais doenças do coração,

Nosódio Cotovelo: É utilizado nos casos de dores, fraturas, artrite e demais doenças do cotovelo.

Nosódio Duodeno: É utilizado nos casos de duodenite, pólipos e demais doenças do duodeno.

Nosódio Esôfago: É utilizado nos casos de esofagite, refluxo e demais doenças do esôfago.

Nosódio Estômago: É utilizado nos casos de gastrite, hemorragias, dor, vômitos, náuseas e demais doenças do estômago.

Nosódio Faringe: É utilizado nos casos de faringite aguda e demais doenças da faringe

Nosódio Fígado: É utilizado nos casos de cirrose, hepatite, hemangioma, gorduras hepáticas, cistos hepáticos e demais doenças do fígado.

Nosódio Gânglio: É utilizado nos casos de adenomegalia (aumento dos gânglios) e demais doenças dos gânglios.

Nosódio Gengiva: Utilizado nos casos de inflamação, sangramento, dentição infantil e demais doenças da gengiva.

Nosódio Hipófise: É utilizado nos casos de crescimento e demais doenças da hipófise.

Nosódio Intestino: É utilizado nos casos de diarréia, cólicas intestinais, sangramentos intestinais e demais doenças do intestino.

Nosódio Joelho: É utilizado nos casos de problemas com menisco, cistos no joelho, inchaços, dores, traumas, artrose e demais doenças do joelho.

Nosódio Labirinto: É utilizado nos casos de labirintoses, labirintites, tonteiras e vertigens.

Nosódio Laringe: É utilizado nos casos de laringite aguda e demais casos da laringe.

Nosódio Mama: É utilizado nos casos de mastites, displasia, cistos, dores e traumas, e demais doenças da mama.

Nosódio Medula: É utilizado nos casos de anemia, esferocitose, malária, dengue, hemorragia e demais doenças da medula.

Nosódio Mucosa: É utilizado nos casos de problemas da mucosa em geral (boca, vagina e etc.)

Nosódio Muscular: É utilizado nos casos de dores musculares, câimbras, fibromialgia, trauma e demais doenças musculares.

Nosódio Nervo: É utilizado nos casos de dormência, polineurite, e demais doenças dos nervos periféricos.

Nosódio Olho: É utilizado nos casos de conjuntivite, lacrimejamento, dores, glaucoma e doenças do olho em geral.

Nosódio Ombro: É utilizado nos casos de bursite, traumas, dores, e demais doenças do ombro.

Nosódio Organizador: É um Nosódio com indicação universal, normalmente usamos quando desconhecemos o local da doença.

Nosódio Ósseo: É utilizado nos casos de fraturas, osteoporose, inflamações e demais doenças dos ossos.

Nosódio Ouvido: É utilizado nos casos de dor, otite aguda, coceiras, equizemas, cerume.

Nosódio Ovário: É utilizado nos casos de cistos, infertilidade, menopausa, irregularidade menstrual e demais doenças dos ovários.

Nosódio Pâncreas: É utilizado nos casos de pancreatite, diabetes e demais doenças do pâncreas.

Nosódio Paratireóide: É utilizado nos casos de hipoparatireoidismo e hiperparatireoidismo.

Nosódio Parótidas: É utilizado nos casos de inflamação, infecção, e aumento das parótidas e demais doenças da parótidas.

Nosódio Pele: É utilizado nos casos de doenças da pele em geral.

Nosódio Placenta: É utilizado nos casos de problemas na gravidez.

Nosódio Próstata: É utilizado nos casos de aumento da próstata, prostatismo e demais doenças da próstata.

Nosódio Pulmão: É utilizado nos casos de enfisema, tosse crônica, pneumonia aguda, bronquite crônica (fumantes) e demais doenças do pulmão.

Nosódio Quadril: É utilizado nos casos de artrose, artrite, dores articulares e demais doenças do quadril.

Nosódio Renal: É utilizado nos casos de cálculos, cistos, cólicas renais, nefrites, nefroses e demais doenças dos rins.

Nosódio Supra – Renal: É utilizado nos casos de afecções da supra-renal.

Nosódio Tendão: É utilizado nos casos de tendinite e ruptura de tendão.

Nosódio Testículo: É utilizado nos casos de impotência, infertilidade, dores e demais doenças dos testículos.

Nosódio Timo: É utilizado nos casos de deficiência de imunidade

Nosódio Tireóide: É utilizado nos casos de cistos, aumento da tireóide, hipotireóidismo, hipertireóidismo e demais doenças da tireóide.

Nosódio Tornozelo: É utilizado nos casos de artroses, artrite, inchaços, dores, traumas e demais doenças do tornozelo.

Nosódio Traquéia: É utilizado nos casos de pigarros, roncos, traqueítes (tosses crônicas).

Nosódio Trigêmeo: É utilizado nos casos de nevralgia do trigêmeo.

Nosódio Triglicerídeo: É utilizado nos casos de aumento de triglicerídeos.

Nosódio Útero: É utilizado nos casos de mioma, sangramentos, pólipos, endometriose, inflamações, cólicas uterinas e demais doenças do útero.

Nosódio Veia: É utilizado nos casos de varizes, flebite e demais doenças das veias.

Nosódio Vesícula: É utilizado nos casos de inflamações, cálculos, dores e demais doenças da vesícula.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.