Publicado em

Angina Pectoris – Cuide logo, pois tem risco de morte.

É uma condição tão séria, que aconselhamos o tratamento convencional complementado pela fitoterapia, trofoterapia e concluindo para maior eficácia com a nosodioterapia, pois é patologia com risco de morte. A angina (angina pectoris) é causada pelo estreitamento das artérias que conduzem sangue ao coração. A limitação da irrigação sanguínea provoca uma deficiência no suprimento de nutrientes e de oxigênio nesse órgão. A dor é sinal de que o coração está recebendo menos sangue do que precisa.

Sintomas

Dor intermitente ou grande desconforto e pressão no peito. Em geral, a dor torna-se mais intensa durante a atividade física e decresce durante o repouso. Alguns tipos de angina, entretanto, podem causar dor mesmo quando a pessoa está em repouso ou dormindo. É uma dor que pode irradiar-se pela mandíbula e pelos ombros ou braços (mais comumente pelo lado esquerdo do corpo).

Causas

Suas causas mais comuns são: anemia, artritismo, aterosclerose, hipertensão, sífilis e insuficiência de irrigação sanguínea no coração O paciente deve permanecer em repouso absoluto até que possa ser atendido por um médico especialista. A dor da angina pode ser agravada pelo estresse emocional, estômago cheio e exposição a baixas temperaturas.

Tratamento Alopata

Em geral na medicina alopata, a angina é tratada com medicação específica. Existem situações, entretanto, que exigem procedimentos cirúrgicos como a implantação de pontes em artérias coronárias ou angioplastia, isto é, a introdução de um balão inflado nas artérias coronárias estreitadas por um ateroma a fim de expandi-las e desbloqueá-las.

Tratamento Nosodioterápico

04 Constitucional de Bach Nº____ (enviar para [email protected] sua idade, peso e altura para que possamos determinar o número que lhe corresponde).

05 frascos do Nosódio Artéria : É utilizado nos casos de aterosterose, trombose, embolismo, arterites e demais doenças arteriais.

05 frascos do Nosódio Coração : É utilizado nos casos de hipertensão arteria, isquemia, doenças das válvulas e demais doenças do coração.

05 frascos de Cárdio Nosódio – Drenador : É utilizado para drenar sintomas do coração em geral (angina de peito, hipertensão arterial, palpitações, etc.)

Tratamento Trofoterápico

Pessoas com história de angina pectoris devem também evitar alimentos gordurosos (carnes, manteiga, margarina, frituras etc.) e o sedentarismo. Nas refeições do paciente devem estar incluídos no mínimo dois dos seguintes alimentos: lêvedo de cerveja, cebola, alho, acelga, agrião, repolho, couve, salsa. Duas a três horas depois das refeições, fazer um lanche com uma das frutas: maçã, banana, pera, mamão e uva.

Observação: Não é recomendável misturar numa refeição, frutas com legumes, vegetais e alguns tipos de cereais.

Hortaliças

  • Couve – Extrair o suco, ferver em fogo brando até engrossar e depois de frio adicionar mel de abelhas até adquirir consistência de xarope. Tomar 6 colheres (sopa) ao dia.

    Frutos (tratamento preventivo)

  • Abacaxi – Refeições exclusivas 3 vezes por semana.

  • Maçã – Cataplasma local de maçã ralada durante 1 hora, 2 vezes ao dia.

  • Refeições exclusivos de maçãs 3 vezes por semana.

  • Pera – Refeições exclusivas de peras 3 vezes por semana

Tratamento Fitoterápico

  • Cavalinha

  • Alecrim – Chá das folhas (20 g para 1 litro de água). Tomar 3 xícaras ao dia.

  • Cavalinha – Chá das folhas (20 g para 1 litro de água).

  • Tomar 3 xícaras ao dia.

  • Erva-cidreira e Laranjeira – Chá combinado (30 g para 1 litro de água). Tomar 4 xícaras ao dia.

  • Alface – Chá dos talos amassados (60 g para 1 litro de água). Tomar 4 xícaras ao dia.

Outros Tratamentos

  • Coalhada – Cataplasma na região do tórax, com duração de 30 minutos, 2 vezes ao dia, durante 15 dias. Esta cataplasma ajuda a aliviar as dores durante os crises.

  • Geoterapia – Compressas de argila na região do tórax, com duração 2

  • horas.

  • Compressa de argila na região lombo-ventral, com duração de 2 horas.

  • Hidroterapia – Banho vital com duração de 20 minutos.

  • Fricção com toalha fria, pela manhã ao despertar.

  • Banho escalda-pés por dia

    Atenção

    É muito importante o controle sobre os níveis de colesterol no sangue e da pressão arterial.

    Recomendações

    Certos cuidados são de importância fundamental para a prevenção e controle da angina. Portanto, fique atento:

    * Fumar desencadeia crises de angina. Se você fuma, faça o possível para deixar o cigarro. O fumo sobrecarrega o coração obrigando-o a trabalhar com mais vigor;

    * Se estiver acima do peso, procure reduzi-lo. Não recorra a dietas milagrosas ou drásticas demais e de efeito duvidoso. Perca peso gradativamente, optando por uma alimentação de baixo conteúdo calórico, pouco colesterol e muita fibra;

    * Exercite-se regularmente. Discuta com seu médico a prática de exercícios condizentes com seu preparo físico. Todas as pessoas podem pelo menos caminhar ou nadar;

    * Administre sua carga de estresse. Incorpore à sua rotina atividades que ajudem a reduzir os níveis de estresse, como exercícios, ioga, meditação, jardinagem, alguns hobbies, conversa com amigos, trabalho voluntário;

    * Controle a pressão arterial. Adote uma dieta de pouco sal. Aumente a ingestão de potássio e cálcio (bananas e batatas são ricas em potássio). Laticínios de baixo teor de gordura, como iogurte e leite desnatado, são ricos em cálcio;

    * Modere a ingestão de álcool. Nunca tome mais do que duas doses por dia. Uma dose de bebida destilada equivale a um copo de vinho ou a uma latinha de cerveja;

    * Faça refeições menores e mais frequentes. Condicione sua alimentação diária a quatro ou cinco refeições leves em vez de três substanciais;

    * Descanse por trinta ou quarenta minutos após as refeições;

    * Evite temperaturas extremamente baixas ou muito elevadas;

    * Não espere muito para tomar a medicação contra angina. Tome-a de maneira profilática antes de iniciar tarefas extenuantes. Numa crise, quanto mais cedo tomar o remédio, mais eficiente será seu efeito.

    Importante

    Todas as pessoas com crises de angina devem manter contato regular com o médico. A angina representa risco de vida em potencial e requer atendimento profissional urgente.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *