Publicado em

Alimentação Infantil

Ando em busca de tudo que se refere ao assunto, pois tenho uma graça de netinho com quase 7 meses. Graças a Deusque minha nora pretende deixar o filhote mamar até perto dos dois anos, o que por si só já elimina um monte de preocupações e trabalhos, pois o organismo dele ficará aprto a enfrentar o que vier pela frente.

Até os 6 primeiros meses de vida, o aleitamento materno é a melhor e mais completa alimentação para o bebê.

Eduque o paladar da criança, oferecendo alimentos naturais, como frutas ou sucos, de preferência orgânicos.

Nunca adoce os sucos de frutas, pois seu sabor verdadeiro é, sem dúvida, mais saudável.

Ofereça mais verduras e legumes.

O cardápio deve ser diversificado, equilibrado, incluindo preparações criativas e de boa aceitação.

Se a criança rejeitar o alimento, ofereça outra forma de preparação, como cremes, sopas ou suflês.

Horários e rotina para a alimentação são fundamentais.

A criança deve se alimentar em lugar calmo, arejado e limpo.

A escola também deve colaborar oferecendo merendas saudáveis.

Opte sempre por biscoitos integrais, frutas secas e barras de cereais na hora da merenda.

Guloseimas, salgadinhos, bolachas e doces são ainda considerados o carro chefe da alimentação infantil, ajude a combater este mal. pois sabemos que as quantidades exageradas de calorias somadas a poucos nutrientes e substâncias químicas prejudiciais geram uma combinação extremamente nociva.

Estimular atividades físicas é também muito importante, desde que obedeça ao gosto da criança, descobrindo qual a sua atividade de sua preferência e incentivando-lhe.

A reeducação alimentar deve envolver a família. Pais devem ser exemplos. Não adianta os pais estarem com o prato cheio de "porcarias" e insistir para que a criança coma saladas.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *