Publicado em

Hortaliças: Taioba e Tomate

Indicações terapêuticas: A taioba tem ação digestiva, deveria ser incluída no cardápio de pessoas que gostam de alimentos pesados (buchada, feijoada… todas as terminadas em adas).

 

TAIOBA

Origem: Regiões de clima tropical

Características: É da mesma família do inhame. Não é verdade que haja algum tipo que seja venenoso, pois é uma hortaliça totalmente comestível.

COMPOSIÇÃO: Sais minerais (- Cálcio; – Fósforo; – Ferro); – Proteínas; – Vitaminas A, B1, B2, C.

Valor energético: 100 gramas: – de talo = 24 calorias; – folhas = 31 calorias.

 

TOMATE

Origem: Apesar de ter surgido no Peru, o tomate é cultivado em todo o mundo; no Brasil, a batata está em primeiro lugar e ao tomate, em segundo, como o mais cultivado, sendo ambos da mesma família.

Tipos: Há algumas variedades, diferentes quanto à cor e o formato dos tomates: – Comum; – De árvore ou da serra, com formato de pêra e leve sabor azedo; – Caqui, valenciano ou japonês, mede cerca de 10 cm de diâmetro, tem polpa grossa e um pouco ácida; – Tomate do mato, comumente encontrada nos campos, sendo considerada uma erva daninha.

Como comprar: Prefira: – os de cor bem vermelha; – de consistência firme; – com casca lisa; Rejeite: – Com manchas escuras; – Verdes, que amadurecem fora do pé, porque têm menos vitaminas que os maduros.

Quanto ao preparo: – Molhos, sopas, cremes e sucos: requerem tomates bem maduros e vermelhos, a fim de dar boa cor e consistência; – Saladas: Precisam de tomates grandes, que não estejam machucados, com uma cor uniforme, que sejam lisos e brilhantes.

Como conservar: Lave e enxugue bem os tomates, e guarde na gaveta inferior da geladeira, evitando que fiquem mofados, garantindo-lhes assim bom estado de conservação por, pelo menos, uma semana. Se preferir congelar, não é conveniente que use o tomate inteiro, e sim, somente o seu molho.

Como consumir: Em saladas, como tempero ou, até mesmo como aperitivo, em forma de suco, usado para fazer molhos

Composição: Sais minerais: – Potássio; – Sódio; – Fósforo; – Cálcio; – Cloro; – Magnésio; – Ferro; Potássio; – Vitaminas: – Beta-caroteno (Provitamina A); – Complexo B; – C; E; – Licopeno, uma substância que lhe dá a cor vermelha.

Valor calórico: 100 gramas fornecem 20 calorias

Indicações terapêuticas: Tem ação: – antitóxica; – laxante; antioxidante e anticancerígena, devido à presença do licopeno; – ajuda o organismo a combater infecções; – combate o desgaste mental, as perturbações digestivas e as pulmonares.

Observações: 1 – O consumo regular de tomate, diminui o risco de câncer da próstata, de acordo com pesquisas da Universidade de Harvard;

2 – É preciso cuidado com o uso excessivo, porque, tanto crus quanto cozidos, podem causar azia e má digestão, além de serem causa de alergias.

 

 

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Deixe um comentário ou resposta...