Publicado em

Artérias entupidas – Saiba como resolver

Se você tem artérias obstruídas, já sabe como a situação é desesperadora. No entanto, existem coisas que você pode fazer para ajudar a si mesmo e evitar mais danos. Uma dieta saudável e exercício físico pode ser um longo caminho a percorrer para combater e prevenir entupimento das artérias.

Prevenção e Conscientização:

Em geral, todos sabem que devem fazer exercícios físicos regularmente, não fumar, manter baixo o nível de colesterol, evitar comer gorduras em demasia e, se têm parentes próximos que morreram de infarto com menos de 55 anos, precisam prestar atenção redobrada. No entanto, é raro encontrar pessoas que tomam medidas de precaução contra o infarto.

Comece por reduzir seu consumo de gordura. Para evitar entupimento das artérias, menos de dez por cento de suas calorias devem vir de gorduras saturadas, que é um tipo de gordura encontrado principalmente em produtos de origem animal e que, em temperatura ambiente, apresenta-se em estado sólido. Onde é encontrada? Em carnes vermelhas e brancas (principalmente gordura da carne e pele das aves), leite e derivados integrais (manteiga, creme de leite, iogurte, nata) e azeite de dendê. Quanto é permitido ingerir por dia? Consumo máximo por dia – 20 gramas, lembrando que uma colher de sopa de gordura pesa e cada grama de gordura equivale a 9 calorias, gordura engorda… Quais os efeitos no corpo? Aumenta o colesterol ruim (LDL), que se deposita nas artérias, elevando o risco de problemas no coração.

Se você já está com artérias obstruídas, ingira menos ainda, não mais que sete por cento de suas calorias devem vir da gordura saturada. O corpo usa a gordura saturada para fazer colesterol, outra substância que você faria bem para reduzir.

Outro passo importante para lidar com artérias entupidas é cortar tudo que aumenta o colesterol.. Tenha em mente que um ovo pode fornecer o máximo de 250 miligramas de colesterol e você deve ingerir menos de 200 miligramas de colesterol por dia. Comece verificando os rótulos dos alimentos que você consome para se informar do teor de colesterol e gordura. Você também pode encontrar gordura útil e contagem de colesterol na Internet.

Pare de fumar. Esta é uma das coisas mais importantes que você pode fazer na sua luta contra a obstrução das artérias. Faça isso imediatamente. O adiamento poderia tomar anos de sua vida. Existem diversas maneiras para largar o hábito.

A atividade é uma importante arma contra o entupimento das artérias. Comece a fazer exercícios, com a aprovação do seu médico, pelo menos 30 minutos a uma hora de três a quatro vezes por semana. Esta quantidade de exercício é recomendada pela Associação Americana do Coração. Atividade física serve para melhorar os níveis de colesterol, tornam o coração mais forte, e reduz a pressão arterial. Como um benefício lateral, você pode até lançar fora algum peso extra.

Medidas tomadas para diminuir o colesterol e controlar a pressão arterial elevada podem realmente ajudar na sua causa. Além disso, controlar diabetes pode ajudar a diminuir o risco de desenvolver artérias obstruídas e proteger a sua saúde.

Existem alguns estudos que sugerem que certos alimentos podem ajudar no combate às artérias obstruídas. Um deles sugere que o suco de romã pode prevenir e retardar o entupimento das artérias.

Veja mais alimentos que desempenham um importante papel para manter a saúde das artérias:

Abacate: um estudo publicado no México na década de 1990 mostrou que pessoas que consomem essa fruta tiveram uma queda no nível de colesterol ruim (LDL) e aumento do colesterol bom (HDL).

Açafrão : o tempero é considerado um poderoso antiinflamatório e ajuda a controlar problemas como a arteriosclerose.

Alimentos com fitoesteróis: encontrados em algumas margarinas e produtos à base de soja, essas substâncias competem com o colesterol durante a digestão e impedem a sua absorção.

Aspargos: muito utilizado na Europa, o vegetal diminui naturalmente a pressão arterial, reduzindo as chances de um ataque cardíaco causado por anos de alimentação errada e artérias entupidas.

Azeite de oliva: estudos mostraram que pessoas com 65 anos ou mais que usavam óleo de oliva para cozinhar ou temperar a salada tinham 41% menos de chances de sofrer um AVC.

Brócolis: rico em vitamina K, que protege as veias. O alimento também é uma importante fonte de fibra, o que ajuda a manter a pressão arterial e o colesterol sob controle.

Café: uma pesquisa holandesa mostrou que pessoas que bebem pelo menos duas xícaras de café por dia (mas não mais do que quatro) tiveram as chances de sofrer um ataque cardíaco reduzidas em 20%, indicando que o consumo moderado é benéfico.

Canela : apenas uma colher de chá deste poderoso antioxidante diminui a gordura no sangue, prevenindo a formação de bloqueios.

Caqui: cheia de polifenóis e com o dobro de fibras e antioxidantes de uma maçã, a fruta ajuda no controle dos níveis de triglicérides.

Cranberries: rica em potássio, estas frutinhas diminuem consideravelmente os riscos de ataque cardíaco, de acordo com inúmeras pesquisas médicas.

Chá verde : a bebida é rica em catequinas, substâncias que se mostraram eficientes em baixar os níveis de colesterol do organismo, ajudar na perda de peso e ainda prevenir tumores.

Espinafre: rico em potássio e acido fólico, a verdura reduz as chances de doenças cardíacas em 11%.

Grãos integrais: a fibra contida nesses alimentos (como pães e arroz integral e aveia) se liga às moléculas de colesterol do seu organismo e as leva para fora do seu corpo.

Laranja (suco de): de acordo com estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, ingerir dois copos da bebida pode diminuir a pressão arterial e ainda melhorar as funções dos vasos sanguíneos.

Melancia: um estudo realizado na Universidade da Flórida indicou que a melancia é capaz de alargar os vasos sanguíneos, reduzindo assim a pressão sobre eles.

Nozes: ricas em gordura monosaturada, vitamina E, ômega-3 e alfa-linolênico, reduzem os níveis de colesterol ruim no sangue e diminuem as chances de doenças do coração, segundo a American Heart Association.

Queijo: um estudo recente do Brigham and Women’s Hospital e Harvard Medical School descobriu que consumir três porções de queijos magros ajuda a reduzir a pressão arterial do corpo.

Romã: a fruta contém substâncias antioxidantes que protegem a parede das artérias. O suco da fruta também estimula o corpo a manter a pressão arterial sob controle.

Salmão e atum: consumir peixes ricos em ômega-3 duas vezes por semana diminui os riscos de ataque cardíaco, graças ao aumento do colesterol bom no sangue e a queda nos níveis de triglicérides.

Spirulina: esta alga esverdeada (comumente encontrada na forma de suplementação em pó) ajuda o fígado a processar o colesterol, reduzindo seus níveis no organismo.

Esses alimentos podem contribuir também para a sua saúde de outras maneiras e, portanto, vale a pena uma tentativa.

Nossa sugestão para a desobstrução das veias e artérias: Cateterin.

O Cateterin pode ser excelente para resolver o problema de obstruções de veias e artérias, mas deve ser usado por pelo menos 06 meses.

A forma que o Cateterin realiza a desobstrução é por dissolução das placas de ateroma (gordura) que causam a obstrução e da forma que o processo é feito não solta “pedaços” de gordura na corrente sanguínea, ou seja, não trás risco de entupimento em veias finas.

Temos três opções para compra do Cateterin:


Este acima pode ser usado por diabéticos, pessoas em regime de perda de peso e alérgicos à mel.

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Deixe um comentário ou resposta...