Publicado em

Alergia: acabe com ela!

Você sabia que algumas crianças, ao brincarem de pular na cama, podem espirrar e tossir sem parar e chegam até a ter falta de ar, precisando de cuidados médicos, muitas vezes no pronto-socorro? Não é exagero! É alergia.O que é alergia?

Alergia é uma reação do sistema imunológico (que faz a defesa do corpo) contra uma substância que normalmente é inofensiva para as pessoas que não são alérgicas. Essa substância é chamada alérgeno.Quem se torna alérgico?

Embora qualquer pessoa possa desenvolver um quadro alérgico, a probabilidade aumenta se um ou ambos os pais apresentarem algum tipo de alergia. Se tanto sua mãe quanto seu pai forem alérgicos, você terá 80% a 90% de chance de também ter alergia.A alergia é freqüente?

Sim. Aproximadamente 20% da população mundial sofrem de alguma alergia, ou seja, em cada grupo de dez pessoas, duas serão alérgicas.Quais são os tipos de alergia?

As doenças alérgicas mais freqüentes são: a asma, a rinite, as doenças alérgicas de pele, a conjuntivite, as alergias a alimentos e a picadas de insetos.Como a pessoa desenvolve a alergia?

Para desenvolver alergia é necessário ter contato com o alérgeno. Ele é uma substância estranha ao organismo e provoca uma reação do sistema imunológico, que é nosso sistema de defesa, como já foi falado. Normalmente, o sistema de defesa deveria agir apenas contra substâncias nocivas à nossa saúde, como as bactérias e os vírus, por exemplo. Porém, na pessoa alérgica, o sistema imunológico vai reconhecer substâncias inofensivas como se fossem perigosas para o corpo e acaba reagindo contra elas. Esta é a reação alérgica.Quais são os alérgenos mais freqüentes?

Os principais alérgenos aqui no Brasil são a poeira doméstica e os ácaros da poeira.
Nos países de clima temperado, como é o caso dos Estados Unidos, um alérgeno muito importante é o pólen das árvores, havendo grande piora dos sintomas alérgicos na época de polinização. No Brasil, o pólen só é importante nos estados da região sul.
Outros alérgenos importantes são: o mofo, os pêlos de animais, principalmente cão e gato e os alimentos, principalmente leite de vaca, amendoim, ovos e peixes.O que são ácaros?

Ácaros são bichinhos microscópicos, parentes distantes das aranhas, que são encontrados nas casas. Eles vivem nos colchões, travesseiros, carpetes, tapetes, cobertores, almofadas e sofás de tecidos. Eles se desenvolvem muito bem em ambientes úmidos e seu alimento favorito é a descamação da pele humana. Os ácaros eliminam as chamadas bolotas fecais (cerca de 20 por dia) e são estas partículas que provocam a reação alérgica. Essas partículas continuam causando os sintomas alérgicos mesmo que o ácaro que as produziu já tenha morrido. A fêmea do ácaro pode colocar até 25 a 50 ovos, sendo uma nova geração produzida a cada 3 semanas. Em um colchão com aproximadamente 2 anos de uso, pode-se encontrar de 100.000 a 10 milhões de ácaros em seu interior.O que fazer para eliminarmos os ácaros de casa?

É praticamente impossível eliminarmos por completo os ácaros de uma casa, mas podemos diminuir bastante o seu número se tivermos alguns cuidados, como:

  • Eliminar os depósitos de ácaros do quarto, como carpetes, tapetes, almofadas e cortinas;
  • Encapar o colchão e o travesseiro com capas próprias para diminuir o contato com os ácaros na hora de dormir;
  • Usar um edredom ao invés do cobertor;
  • Guardar os bichinhos de pelúcia e, se você dorme com um deles, deve mantê-lo limpinho sempre;
  • O quarto da criança alérgica deve ser o mais "pelado" possível, assim não acumula pó e fica bem mais fácil de limpar.

Na A Loja do Chá de Aracaju você encontra:

Asmasin – Contra asma
Riniad – Rinite adulto
Rininf – Rinite infantil
Alergin – Contra alergias Uso Interno
Micopel – Contra alergias da pele
Conjuntivin – Contra conjuntivite
Pickinset – Contra picadas de insetos.

Lembre-se de visitar: www.alojadochadearacaju.com.br para que encontre o fitoterápico perfeitamente indicado para sua necessidade

Fonte:
– Dra.Ivani Mancini, pediatra

Atenção: Qualquer produto citado neste post não é um medicamento e não substitui o tratamento médico. Terapias citadas neste post não substituem a visita ao seu médico regularmente.

Deixe um comentário ou resposta...